Cinco coisas que você não sabia sobre Superunknown, do Soundgarden

Chris Cornell e Matt Cameron explicam como um palhaço inspirou o título do disco

Redação Publicado em 11/06/2014, às 16h13 - Atualizado às 19h07

-
Jake Plunkett/AP

Superunknown, o quarto disco do Soundgarden, chegou ao topo das paradas, ganhou cinco discos de platina, e rendeu dois prêmios Grammy ao grupo com os hits "Spoonman" e "Black Hole Sun". Mas além de bem-sucedido, o álbum é intrigante, tem uma longa história e é celebrado pela banda em uma edição de luxo. Então enquanto o grupo estava em Nova York para comemorar o aniversário de 20 anos de Superunknown, a Rolling Stone EUA se encontrou com o frontman Chris Cornell e o baterista Matt Cameron para saber mais sobre os bastidores da gravação do maior álbum deles.

Lollapalooza 2014: a cobertura completa do festival que contou com show do Soundgarden.

No vídeo, Cornell e Cameron falam sobre como um palhaço da televisão inspirou o título do disco, como “Spoonman” veio de uma falsa mixtape que Jeff Ament, do Pearl Jam, fez para o filme Vida de Solteiro, e algumas curiosidades que Cornell encontrou quando estava ouvindo o álbum na nova edição de luxo.

Entrevista: “Nós certamente vamos descer até aí durante a turnê”, prometeu o vocalista do Soundgarden.

A banda sairá em turnê nos próximos meses com outro grupo que teve um grande álbum lançado em 1994, o Nine Inch Nails. Apesar de não terem se comprometido a tocar Superunknown na íntegra, como fizeram no iTunes Festival e no South by Southwest, Cornell disse que o grupo não se decidiu. “Ainda estamos considerando a possibilidade”, ele disse à Rolling Stone. “Vamos tocar tudo em alguns outros shows. Podemos escolher alguma destas datas da turnê com o Nine Inch Nails – ou ele todo. Nunca se sabe.”