Cineasta brasileiro é premiado no Festival Sundance

Aly Muritiba recebeu US$ 10 mil para financiar longa-metragem

Redação Publicado em 23/01/2013, às 12h50 - Atualizado em 28/01/2013, às 15h22

Sundance
Reprodução / Facebook oficial

O Festival Sundance de Cinema começou na semana passada e continua até o final deste mês recebendo astros do cinema internacional. Mas pelo menos um representante do Brasil circulou no tapete vermelho – o cineasta Aly Muritiba, que recebeu prêmio do Sundance Institute para tirar do papel seu próximo projeto.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Muritiba, assim como três outros diretores, foi escolhido pelo júri do Sundance para receber US$ 10 mil para ajudar a financiar o longa O Homem que Matou a Minha Amada Morta, que, segundo o jornal Folha de S. Paulo, deverá começar a ser filmado a partir de outubro em Curitiba, cidade onde o cineasta mora.

No final do ano passado Muritiba já havia entrado no foco do cinema internacional ao ser um dos pré-candidatos ao Oscar com o curta-metragem A Fábrica. A produção brasileira não seguiu, no entanto, para a lista final.