Cineasta Cadu Barcellos é morto a facadas no centro do Rio de Janeiro

O co-diretor do documentário 5x Favela - Agora Por Nós Mesmos foi encontrado pelo Batalhão da Praça da Harmonia na madrugada desta terça-feira, 10

Redação Publicado em 11/11/2020, às 09h24

None
Cadu Barcellos (Foto: Instagram / Reprodução)

Carlos Eduardo Barcellos Sabino, co-diretor de 5x Favela - Agora Por Nós Mesmos, foi morto a facadas na madrugada desta terça-feira, 10, na esquina da Avenida Presidente Vargas com a Rua Uruguaiana, no centro do Rio de Janeiro, aos 34 anos. A notícia foi dada pela TV Globo.

+++LEIA MAIS: As 17 melhores estreias do streaming em novembro

Mais conhecido como Cadu Barcellos, o cineasta foi encontrado pelo Batalhão da Praça da Harmonia, que recebeu uma ocorrência e foi direto para o local. Por volta das 7h desta quarta-feira, 10, seu corpo estava no Instituto Médico-Legal (IML).

Segundo William Oliveira, amigo de Cadu, ele “foi assassinado possivelmente por conta de um celular, um Riocard e um punhado de reais.”

Ele deixou a esposa e o filho, Bernardo, de 2 anos.

+++LEIA MAIS: Série de terror da Globo teve caso paranormal com incêndio e nevasca; entenda

Cadu Barcellos dirigiu o episódio “Deixa Voar”, que faz parte do filme 5x Favela - Agora Por Nós Mesmos (2010), escolhido para a Seleção Oficial do Festival de Cannes daquele ano.

Além disso, ele era assistente de direção do programa Greg News, comandado por Gregorio Duvivier, e do canal Porta dos Fundos.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

casa nova ... 🎬

Uma publicação compartilhada por Cadu Barcellos (@cadubarcellos) em

 


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes!


+++ MAIS SOBRE PORTA DOS FUNDOS: Mesmo após ataques terroristas, 2020 terá especial de Natal, Teocracia em Vertigem

Porta dos Fundos anunciou na quarta, 23, que lançará outro especial de Natal. Desta vez, o título é Teocracia em Vertigem - uma brincadeira com Democracia Em Vertigem, documentário de Petra Costa que concorreu ao Oscar em 2020.

Na nova produção, de acordo com Terra e Uol,  Porta dos Fundosescolheu uma abordagem à documentário. No novo filme, diversos personagens bíblicos darão entrevistas para os documentaristas, que narram “a verdadeira história por trás do golpe que levou à crucificação de Jesus.”

+++ LEIA MAIS: Igreja precisará pagar R$ 82 mil por tentar processar Netflix e Porta dos Fundos

Petra Costa topou participar da produção. Fábio Porchat revive o papel de Jesus - embora ele não deva falar na produção, só cantar.

O formato em documentário é ideia de Gabriel Esteves, roteirita. Como, durante a pandemia, não é possível grandes reuniões, o formato de documentário permite equipes pequenas e isolamento para quem precisar.

+++ LEIA MAIS: Pai de santo gay processa Porta dos Fundos e quer indenização de US$ 1 bilhão - mas isso já deu errado antes

Devido ao nome e à descrição, pode-se afirmar que Teocracia em Vertigem fará piadas com a crucificação de Jesus, ligando-a ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Desde 2013 aPorta dos Fundos faz especiais de Natal. Em 2018 e 2019, os filmes foram para Netflix.

+++ LEIA MAIS: Vice-premiê polonês pede à Netflix para retirar especial do Porta dos Fundos do ar: "Escândalo inimaginável"

 A Primeira Tentação de Cristo, na qual Jesus é retratado como gay, gerou uma repercussão problemática. Mais de um grupo religioso abriu processo milionário contra o canal de humor, e a sede do Porta dos Fundos chegou a ser alvo de um ataque terrorista com bombas. O suspeito foi detido em setembro deste ano.



+++ MANU GAVASSI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL