Filme sobre Michael Jackson, feito por produtor de Bohemian Rhapsody, promete ‘não ignorar’ polêmicas

Dos produtores de Bohemian Rhapsody, o longa deve retratar da infância obscura e conturbada do músico à morte dele, em 2009

Redação Publicado em 25/11/2019, às 09h51

None
Michael Jackson (Foto:AP)

Segundo o site norte-americano Deadline, uma cinebiografia sobre Michael Jackson está a caminho e não evitará os aspectos controversos que rodeiam o nome do artista.

Recentemente, o repórter Mike Fleming Jr disse que "o produtor de Bohemian Rhapsody, Graham King, adquiriu os direitos para retratar tanto a carreira quanto a vida pessoal do Rei do Pop. "E me disseram que não será uma representação higienizada de Jackson", revelou o jornalista.

+++ LEIA MAIS: Episódio com Michael Jackson é excluído do catálogo de Os Simpsons no Disney+

Muito diferente de Bohemian Rhapsody, um filme sobre Michael Jackson deve passar, portanto, pela infância obscura e conturbada do artista, com inúmeros relatos de abusos físicos e emocionais vindos do pai, Joe Jackson.

Ainda, o longa mostrará as acusações de abuso sexual e pedofilia contra Jackson. "Nesse caso, a complexidade da vida de Jackson é conhecida e não será ignorada", continuou Fleming Jr.

Graham King contratou John Logan - conhecido pelos trabalhos em O Aviador,A Invenção de Hugo Cabret e Gladiador - para escrever o roteiro. Os dois desenvolverão o enredo juntos antes de mandá-lo para um estúdio.

+++ LEIA MAIS: Acusadores de Michael Jackson de Leaving Neverland podem processar o músico novamente; entenda

O recente documentário Leaving Neverland ("Deixando Neverland ") reacendeu os argumentos divisivos entre a culpa e inocência de Jackson. Em 236 minutos, James Safechuck e Wade Robson deram depoimentos sobre os abusos que sofreram de Michael Jackson nos anos 1990, nas idades de 7 e 10 anos, respectivamente.

A produção da HBO provocou uma ruptura profunda entre os que acreditam e os que não acreditam nas acusações de pedofilia feitas contra Jackson.