Cinema brasileiro se une em iniciativa inédita para reabertura pós-pandemia

Com a união de mais de 200 profissionais do setor, o projeto busca resgatar a magia do cinema para o público

Redação Publicado em 07/07/2020, às 09h01

None
Logo da campanha Juntos Pelo Cinema (Foto: Divulgação)

Os cinemas brasileiros já se preparam para a retomada das atividades após o fim da pandemia de coronavírus. A campanha inédita #JuntosPeloCinema reúne exibidores, distribuidores, produtores e a imprensa para resgatar a experiência de imersão e conexão dos espectadores nas salas de cinema. 

Desde março, os profissionais do audiovisual pensaram em possibilidades de atuação do setor e formularam um plano de três fases, que será colocado em prática por meio da Flix Media, empresa de comercialização de espaços publicitários no cinema.

“Um movimento de união de todo mercado, inédito, colaborativo e fundamental para garantir a volta da magia do cinema às nossas vidas, de maneira organizada e segura. Acreditamos na experiência irreplicável e transformadora que vivemos nos cinemas, nos unimos em torno disto”, disse a Adriana Carace, diretora geral da Flix Media Latam, em um comunicado oficial.

A ação ainda beneficiará mais de 200 profissionais da indústria cinematográfica e colaboradores, desde os trabalhadores das salas de exibição até os funcionários dos sets de filmagem. 

Campanha de comunicação

Com o objetivo de preservar o vínculo do público com o cinema, a primeira fase do #JuntosPeloCinema é realizada por meio de uma parceria com mais de 300 veículos de comunicação, que contribuirão para a divulgação do projeto.

+++ LEIA MAIS: Pesquisa indica que apenas um terço dos moradores dos EUA pretende ir aos cinemas quando reabrirem em 2020


Pesquisa e divulgação 

Antes das reabertura, o projeto planeja fazer uma pesquisa e reunir informações atualizadas sobre os procedimentos necessários em cada região do país para a retomada as  atividades. 

Os exibidores receberão materiais sobre as medidas de segurança necessárias coletados e divulgados pela Feneec - Federação Nacional das Empresas Exibidoras de Cinema, os sindicatos estaduais e os associados deles, além da Abraplex - Associação Brasileira de Multiplex.

“É em momentos tão difíceis como o que estamos vivenciando que percebemos a força e a união do nosso setor para a superação dos grandes obstáculos. Estamos ansiosos para voltarmos a proporcionar a magia do cinema aos nossos espectadores, e estamos trabalhando para que isto ocorra com a maior brevidade possível”, disse Ricardo Difini Leite, Presidente da Feneec.

+++ LEIA MAIS: Star Wars: Disney desiste de lançar versão com qualidade 4k na reabertura dos cinemas


Festival De Volta para o Cinema 

Idealizado pelo crítico, curador e apresentador Érico Borgo, o Festival De Volta para o Cinema começará no mesmo dia da reabertura das salas e exibirá clássicos do cinema nacional e estrangeiro durante as duas primeiras semanas junto com as estreias que serão retomadas. 

Para Borgo, o cinema sempre fez parte da vida dele e, por isso, ele se dedica ao projeto. “Fazer parte desse movimento único na história, o #JuntosPeloCinema, e auxiliar no retorno do público a essa experiência sem igual através do Festival De Volta Para o Cinema é uma honra que carregarei para sempre”, disse o apresentador.

Com o apoio da Academia Brasileira de Cinema, Ancine, Ministério do Turismo e RioFilme, o projeto conta com os veículos de mídia AdoroCinema, Buzzfeed, Folha de S.Paulo,O Globo, Omelete, além da plataforma streaming Spotify, os canais Sony Channel e Telecine, e muitos outros colaboradores.

Para mais informações, acesse o site oficial do #JuntosPeloCinema aqui

+++ LEIA MAIS: Como os cinemas vão sobreviver ao isolamento social e à crise do novo coronavírus?


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO