Sequências de Cinquenta Tons de Cinza ganham data de estreia

Cinquenta Tons Mais Escuros e Cinquenta Tons de Liberdade chegam às telonas em 2017 e 2018, respectivamente

Redação Publicado em 24/04/2015, às 11h49 - Atualizado às 12h56

Anastasia Steele (Dakota Johnson em Cinquenta Tons de Cinza

Ver Galeria
(2 imagens)

As duas sequências de Cinquenta Tons de Cinza ganharam data de estreia nos cinemas. Cinquenta Tons Mais Escuros será lançado em 10 de fevereiro de 2017, enquanto o terceiro longa da franquia, Cinquenta Tons de Liberdade, chega às telonas em 9 de fevereiro de 2018.

Sexo chocho e ator sem carisma destroem apelo de Cinquenta Tons de Cinza: leia a crítica.

Assim como Cinquenta Tons de Cinza, os filmes serão baseados na série literária de romance erótico escrita por E.L. James.

O primeiro longa da cinessérie, que estreou em fevereiro deste ano, foi estrelado por Jamie Dornan e Dakota Johnson arrecadou em menos de dois meses de exibição mais de US$ 568,8 milhões (mais de R$ 1,7 bilhão) no mundo todo.

Adaptação de Cinquenta Tons de Cinza torna a história mais palatável para o público masculino, mas não faz milagre.

Nesta sexta, 24, a produção também revelou a primeira imagem de Dornan – que interpreta o protagonista Christian Grey – em Cinquenta Tons Mais Escuros. Veja abaixo.

Na última semana, foram anunciadas novidades sobre as sequências de Cinquenta Tons de Cinza. A diretora do primeiro filme, Sam Taylor-Johnson (O Garoto de Liverpool), já revelou que não seguirá no comando dos dois longas-metragens que vêm vir a seguir.

Ainda que seja literatura barata, Cinquenta Tons de Cinza estimula o mercado a olhar para a pornografia voltada à mulher.

Notícias davam conta de que, apesar do enorme sucesso do filme, Sam teria tido problemas durante a produção com a intervenção da escritora dos livros de Cinquenta Tons, E.L. James. Kelly Marcel, roteirista do filme, também deve sair.

De acordo com o The Hollywood Reporter, a solução encontrada pela produção para resolver os conflitos foi colocar o marido de James na equipe. Niall Leonard – que tem dois filhos com a escritora – tem no currículo trabalhos para programas de TV do Reino Unido e deve participar da composição do roteiro de Cinquenta Tons Mais Escuros.

Entre as mudanças, uma manutenção é certa: Rita Ora continuará a interpretar Mia Grey nas futuras produções da franquia. A informação foi revelada ante ao vazamento de e-mail da produtora Sony Pictures, que foram divulgados pelo site Wikileaks na última sexta, 17.

Posteriormente, uma nota confirma que a cantora estará nos futuros filmes da franquia. “Rita, 23 anos, irá participar de Cinquenta Tons de Cinza no papel de Mia Grey. Ela também fará parte do elenco dos dois filmes que serão realizados em sequência.”

Até aqui, não há outras informações a respeito das continuações de Cinquenta Tons. Os atores principais, Dakota Johnson e Jamie Dornan, ainda negociam um cachê maior para seguirem no elenco.