Clarice Falcão reflete sobre feminismo no clipe de “Survivor”, cover de Destiny’s Child

Renda obtida com as vendas da regravação no iTunes será revertida à ONG Think Olga

Redação Publicado em 13/11/2015, às 13h20 - Atualizado às 13h52

A cantora Clarice Falcão no clipe de “Survivor"
Reprodução/Vídeo

O feminismo segue como pauta no Brasil e, ao fim de uma semana que contou com novos protestos contra o Projeto de Lei 5096 (que na prática dificulta o acesso à pílula do dia seguinte e o atendimento às vítimas de estupro), a cantora e atriz Clarice Falcão divulgou nesta sexta-feira, 13, a sua contribuição ao debate.

Entrevista - “Eu ficaria entediada se fizesse uma coisa só”, diz a atriz, cantora e compositora Clarice Falcão.

Trata-se de uma versão da faixa “Survivor", do grupo Destiny's Child, que fala justamente sobre o empoderamento das mulheres. Além de Clarice, aparecem no clipe muitas outras mulheres, que, assim como a cantora, passam batom vermelho ao som dos versos que falam sobre a liberdade feminina. A mãe e a irmã de Clarice, Adriana e Isabel, participam do vídeo.

Das telas para a vida: 15 casais que fizeram a transição da ficção para a realidade.

A renda obtida com as vendas da regravação no iTunes será revertida à ONG feminista Think Olga, que luta pelos direitos das mulheres e foi idealizadora do projeto Primeiro Assédio - que fez com que milhares de mulheres compartilhassem nas redes sociais as experiências dos abusos sexuais sofridos por elas.

Crítica: pop de Clarice Falcão e bandas instrumentais agradam pais e filhos no festival No Ar Coquetel Molotov.

Ao fim do clipe, aparece uma mensagem que diz: "É preciso ter coragem para ser mulher nesse mundo. Para viver como uma. Para escrever sobre elas".

A canção foi lançada originalmente pelo grupo norte-americano Destiny's Child, que era formado por Beyoncé Knowles, Kelly Rowland e Michelle Williams. A versão de “Survivor” não estará em Problema Meu, segundo álbum da cantora, que chega às lojas em fevereiro de 2016.

Assista ao clipe