Pulse

Clássicos do Nirvana ganham versões cantadas por coral da igreja de Kanye West

"Come As You Are" e "Smells Like Teen Spirit" em versão cristã

Angie Martocchio / Rolling Stone EUA Publicado em 29/07/2019, às 18h25

None
Kanye West e Kurt Cobain (Foto 1: Lionel Cironneau/AP e Foto 2: AP)

O coral de igreja de Kanye West apresentou uma versão animada e cristã de duas músicas do Nirvana, “Come As You Are” e “Smells Like Teen Spirit,” no serviço mais recente do rapper, no último domingo. 

Eu um vídeo, o coral apresenta-se em círculo e canta as faixas de Nevermind, disco do Nirvana, vestido de branco. “Just confess / He’ll do the rest / Christ is here” (“apenas confesse / Ele fará o mesmo / Cristo está aqui”), eles cantam no ritmo de “Come As You Are”, e substituem “memoria” por “alelúia”, cantando de novo e de novo.

+++ LEIA MAIS: Dave Grohl conta como Nirvana implodiu e Kurt Cobain foi para reabilitação em 1992 

Fizeram o mesmo com o refrão “hello, hello, hello, how low” de “Smells Like Teen Spirit”, também mudando o refrão de “with the lights out, it's less dangerous” (“com as luzes apagadas não é tão perigoso”) para “let your light shine, it’s contagious” (“deixe a luz brilhar, é contagiante).”

Westé um grande fã de Nirvana e já foi visto usando merchandise da banda. Courtney Love, que foi a um serviço de domingo de West, deu ao rapper e Kid Cudi permissão para usar o sample de Cobain de “Burn the Rain” para a música “Cudi Montage” no ano passado. “Eu vou virar uma lenda, quer queiram vocês ou não,” ele disse uma vez em uma entrevista. “Sou o novo Jim Morrison. Sou o novo Kurt Cobain. A Bíblia tinha 20, 30, 40, 50 pessoas. Você não acha que eu não seria uma das novas pessoas da Bíblia moderna?”

+++ LEIA MAIS: Dave Grohl jamais vai esquecer o primeiro show com o Nirvana; veja como foi 

West lançou seu serviço em janeiro e desde então o usou para lançar música e fazer outros covers, como “Don’t Speak” do No Doubt. Em abril, fez um serviço especial no Coachella.  

+++ ENTREVISTA RS: Rubel fala de carreira acidental, conta como criou "Partilhar" e que quer ser popular