Clint Eastwood pode dirigir Beyoncé em remake de Nasce uma Estrela

A Warner Bros., que há anos tenta fazer uma quarta versão do filme, negocia com o cineasta

Da redação Publicado em 21/01/2011, às 12h24

Clint Eastwood negocia para dirigir Beyoncé em remake de Nasce uma Estrela
AP

Há bastante tempo a Warner Bros. tenta levar às telonas mais um remake de Nasce uma Estrela. A intenção do estúdio ao realizar a nova versão é escalar Beyoncé para o papel principal e ajudar a alavancar a carreira da cantora como atriz, mas a empresa tem esbarrado na dificuldade em encontrar um diretor e um protagonista masculino. De acordo com o site Hollywood Reporter, agora Clint Eastwood poderá resolver parte do problema, já que está negociando para dirigir o longa.

Além de comandar o projeto, Eastwood também se encarregaria da produção, ao lado de Rob Lorenzo, produtor com quem já trabalhou diversas vezes, Bill Gerber, Jon Peters e Basil Iwanyk.

A história de Esther Hoffman, a jovem estrela em ascensão que se apaixona por um artista cuja carreira está em decadência, já foi filmada três vezes: em 1937, com Janet Gaynor protagonizando, depois em 1954, estrelada por Judy Garland, e novamente em 1976, com Barbra Streisand no papel de Esther. De uma versão para outra, a trama sofreu pequenas alterações e, desta vez, não seria diferente. O adaptação do roteiro para os dias de hoje ficou a cargo de Will Fetters (Lembranças).

Se as negociações derem certo, o projeto ainda terá que esperar um pouco mais, pois Clint Eastwood, atualmente, está envolvido com J. Edgar, cinebiografia do primeiro diretor do FBI, J. Edgar Hoover.