Clipe de Michael Jackson com Naomi Campbell foi proibido por ser ‘sexy demais’; conheça

No vídeo, Jackson e Campbell se envolvem sensualmente de forma bastante provocativa

Redação Publicado em 04/06/2020, às 13h41

None
Clipe de "In the Closet" (Foto: YouTube / Reprodução)

Em 1992, Michael Jackson se juntou à modelo Naomi Campbell para o clipe de “In the Closet”, que seria, originalmente, um dueto com Madonna. Embora o vídeo tenha sido bem recebido pelos fãs em geral, ele foi proibido na África do Sul por ser “sexy demais”, como lembrou o Observatório de Música

+++LEIA MAIS: Michael Jackson queria Madonna em clipe - mas exigências da cantora quase o deixaram ‘maluco’, revela produtor

O Rei do Pop colaborou com o fotógrafo Herb Ritts, que esteve à frente dos clipes “Cherish”, de Madonna, e “Wicked Game”, de Chris Isaak. Na época, Ritts trouxe a ideia de mostrar Jackson e Campbell se envolvendo sensualmente por meio de uma coreografia intensa - e assim foi.

De acordo com o Michael Jackson Style (via Observatório da Música), o fotógrafo disse: “Desta vez não se trata realmente de cenários escandalosos e 50 bailarinos. Trata-se realmente de trazer a energia de Michael de uma nova forma.”

+++ LEIA MAIS: Matty Healy, do The 1975, desativa o Twitter após críticas sofridas por tuíte sobre assassinato de George Floyd

Por fim, o vídeo acabou sendo censurado na África do Sul porque era muito provocativo, simulando uma relação sexual entre eles. Confira abaixo: 

 

 


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE