Clown, do Slipknot, fala sobre morte da filha: ‘Uma perda como essa te faz dar passos para trás’

Gabrielle Crahan morreu em 18 de maio de 2019, aos 22 anos

Redação Publicado em 04/04/2021, às 13h30

None
M. Shawn 'Clown' Crahan, do Slipknot (Foto: Katja Ogrin/Getty Images)

Michael Shawn Crahan, integrante nº6 do Slipknot, e também conhecido como Clown [Palhaço], falou recentemente sobre a morte de sua filha, Gabrielle Crahan, de 22 anos. 

Em entrevista ao programa Mosh Talks With Beez, do festival Knotfest, Shawn comentou sobre o falecimento da filha e como a tragédia o conectou mais ainda com a sua arte: "Quando você tem uma perda como essa, não consegue imaginar os passos para trás que dá e as palavras que vêm à mente, e que você deve observar e avaliar."

+++LEIA MAIS: Corey Taylor fala sobre cultura do cancelamento após críticas a Eminem: ‘Não entendem a diferença entre metáfora e realidade’

O co-fundador do Slipknot continuou: "E não há uma única coisa que alguém no mundo possa dizer que vai mudar isso. Ponto final - fim da história. O que quero dizer é: pense nisso. Eu sou um humano que pode ser ensinado, mas ninguém pode me ensinar ou me dar uma ferramenta que torne isso aceitável, nunca."

"Então, você dá muitos passos para trás. E quando você faz isso, você percebe: 'Uau! Tenho abusado da minha própria arte.", finalizou Shawn

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Gabrielle Crahan morreu em 18 de maio de 2019 em Los Angeles, EUA. O obituário diz que ela lutou muito contra o vício em drogas e trabalhou para ajudar outras pessoas que também estavam lutando. Embora nenhuma causa oficial da morte tenha sido revelada, o TMZ relatou que ela morreu do que parecia ser uma overdose de drogas.

+++LEIA MAIS: Vocalista do Slipknot critica o novo rock: 'Odeio todos na maior parte'

Gabrielle Crahan era uma dos quatro filhos que Shawn teve com sua esposa, Chantel, com quem se casou em junho de 1992.

As informações são do Blabbermouth.


+++ KONAI: 'ESTAMOS EM PRESSÃO CONSTANTE PARA SER O QUE NÃO É NOSSO NATURAL' | ENTREVISTA