Clube dos EUA é ameaçado depois de piada de comediante sobre Kobe Bryant e estupro

Ari Shaffir disse que o jogador morreu “23 anos mais tarde do que deveria”

Redação Publicado em 30/01/2020, às 18h45

None
Kobe Bryant (Foto: AP Photo/Chris Carlson)

O New York Comedy Club cancelou uma apresentação do comediante Ari Shaffir depois de receber ameaças devido aos comentários de mau gosto dele sobre o atleta Kobe Bryant, que morreu no último domingo, 26 de janeiro, após sofrer um acidente de helicóptero. 

Shaffir usou as redes sociais nos últimos dias para dizer que o lendário ex-jogador do Los Angeles Lakers havia morrido "23 anos mais tarde do que deveria", além de uma série de comentários de mau gosto. O clube não se posicionou em relação aos tuítes do comediante. 

+++LEIA MAIS: Morre Kobe Bryant, ex-jogador do Los Angeles Lakers, em acidente de helicóptero

O perfil de Shaffir no Twitter estava privado, mas o TMZ, que foi o primeiro a noticiar a situação, comentou que no dia da morte de Kobe o comediante escreveu: "Kobe Bryant morreu 23 anos mais tarde do que deveria. Ele se livrou do estupro porque todos os liberais de Hollywood que atacam a comédia gostam de torcer pelos Lakers mais do que não gostam de estupro. Eu odeio os Lakers. Que ótimo dia."

Na terça, 28, usou o Instagram para dizer: "Toda vez que uma celebridade amada morre, eu posto uma merda horrível sobre eles, Eu venho fazendo isso há anos. Eu gosto de destruir deuses. E quando uma pessoa famosa morre, elas são mais adoradas. Portanto, como resposta a toda a manifestação de simpatia nas mídias sociais, eu publico algo vil. É apenas uma piada. Eu realmente não odeio nenhuma pessoa", escreveu Shaffir

Ainda, acrescentou que postou o vídeo antes de descobrir sobre as crianças que estavam no helicóptero: "Crianças morrendo assim, é horrível. Todas as outras pessoas morrendo, isso também é horrível. É horrível que ele tenha morrido. Realmente muito triste. Que coisa terrível aconteceu."

+++LEIA MAIS: Grammy 2020: Alicia Keys e Boyz II Men fazem tributo a Kobe Bryant: "Perdemos um herói"

Não há nenhum posicionamento do clube sobre os comentários de Ari Shaffir. Mas, o clube apresentou um relatório ao Departamento de Polícia de Nova York com várias ameaças telefônicas que estava recebendo como resultado dos comentários do comediante. Uma investigação está em andamento sobre as ameaças.


+++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL