Cobra naja apreendida ganha perfil no Instagram com memes hilários: ‘Só dou a picada, quem mata é Deus’

Animal traficado é visto como responsável pela Operação Snake, da Polícia Civil de Brasília

Redação Publicado em 20/07/2020, às 09h15

None
Cobra naja fotografada no Zoológico de Brasília (Foto: Reprodução/Ivan Mattos/Zoológico de Brasília)

No começo de junho, uma cobra naja foi apreendida em Brasília após picar um estudante de veterinária que a mantinha de forma ilegal em casa. Pedro Henrique Santos Krambeck Lehmkul, de 22 anos, foi hospitalizado e entrou em coma após o ataque. Desde então, a cobra se tornou um meme na internet e diversos perfis nas redes sociais. As informações são do UOL.

A situação gerou empatia pela cobra nas redes sociais, e o ataque ao humano foi entendido como uma forma de defesa e luta pela liberdade. No Instagram, o perfil Naja (@najaofcial) ultrapassa 28 mil seguidores, enquanto a conta Naja de Brasília, no Twitter, tem mais de 46 mil adeptos. "Comecei a ver potencial a partir do momento em que ela se libertou dele e ajudou a desvendar o tráfico internacional”, contou o responsável pela conta da Naja no Instagram em entrevista ao UOL.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Eu tô muito sertaneja hoje 🐍 @maiara @maraisa Najara e Najaisa

Uma publicação compartilhada por Naja - Najaiene (@najaofcial) em

 

+++ LEIA MAIS: Peixe com lábios humanos faz pessoas surtarem na internet - e com razão

Entre as postagens de humor com o animal, muitas fazem comparações com o livro A Revolução dis Bichos, de George Orwell, com fotos de cobras com outros animais supostamente tramando ataques organizados, e a novela Salve Jorge, da Globo, na qual a protagonista Morena (Nanda Costa) foi vítima de tráfico sexual. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Meu depoimento 🐍

Uma publicação compartilhada por Naja - Najaiene (@najaofcial) em

+++ LEIA MAIS: Ludmilla revela que ‘Cobra Venenosa’ não é para Anitta: ‘Fiz há anos’

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Deixando bem claro.

Uma publicação compartilhada por Naja - Najaiene (@najaofcial) em

Atualmente, o animal se encontra no Zoológico de Brasília e a Operação Snake, da Polícia Civil do Distrito Federal em parceria com o Ibama, encontrou mais 16 cobras em condições ilegais na casa de Lehmkul. O estudante e a família foram multados em cerca de R$ 71 mil, por maus tratos e dificultação de resgate dos répteis. 


+++ 15 HISTÓRIAS INACREDITÁVEIS (E REAIS) DE OZZY OSBOURNE