Com cenas de drogas, álcool e orgasmo feminino, a cinebiografia do Motley Crue ganha data de estreia

O filme contará algumas das histórias mais sujas e obscenas da banda

Rolling Stone EUA Publicado em 03/12/2018, às 18h05

None
A banda Motley Crue (Foto: Tenth Street Entertainment)

A autobiografia do Mötley Crüe, The Dirt, finalmente será lançada como um filme biográfico pela Netflix no ano que vem.
 
O vocalista Vince Neil compartilhou a notícia com um tuíte efusivamente animado: “Uau !!! Acabei de sair do escritório da Netflix. Acabei de assistir ao The Dirt !! Muito bom! Não posso esperar que todos vejam! Será lançado em 22 de março !! Sim! ”.

Um representante da Netflix confirmou a data à Rolling Stone EUA.

Em 2001, a banda lançou o livro The Dirt: Confessions of the World’s Most Notorious Rock Band, escrito em parceria com com o autor e colaborador da Rolling Stone EUANeil Strauss.
 
O filme contará algumas das histórias mais sujas e obscenas, com cenas que mostram o abuso de drogas e álcool com várias groupies.
 
Os planos para uma versão cinematográfica estão em andamento desde 2006, originalmente com o escritor de Seinfeld, Larry Charles, indicado para dirigir. O cineasta Jeff Tremaine (Jackass) assinou em 2013 e dirigiu The Dirt – que foi produzido pela banda – no início deste ano.

O elenco traz o rapper Machine Gun Kelly como Tommy Lee, Dougla Booth (Orgulho, Preconceiro e Zumbis) vive Nikki Sixx, Iwan Reheon (o Ramsay Bolton de Game of Thrones) é Mick Mars e Daniel Weber interpreta Vince Neil.

Em uma entrevista concedida à Rolling Stone EUA, em 2015, durante a última turnê do Mötley Crüe , Tommy Lee contou o que os fãs podem esperar do filme. “Nikki e eu fomos a uma leitura do roteiro e foi surreal”, revelou.

“Especialmente o início do filme, que começa daquela maneira, você vai pensar ‘Meu Deus, se ele começa assim, ele é doido’. Foi realmente uma loucura. A visão do [diretor]Jeff Tremaine é a mais real possível. Ele se importou com todos os detalhes. Os carros que você verá na rua, os telefones dos anos 1980, as luzes... As roupas. Você vai se sentir como se estivesse naquele período de tempo.”

Na mesma entrevista, os integrantes da banda disseram que a cena que estão mais ansiosos para assistir em The Dirt é a de abertura, em que, segundo Nikki Sixx, terá um "orgasmo feminino”.