Com diploma em astrofísica, Brian May insiste: Plutão é um planeta

Desde 2006, astro "desceu" sua classificação para planeta-anão pelas novas regras de astronomia - mas guitarrista do Queen não concorda

Redação Publicado em 30/08/2019, às 13h53

None
Brian May (Foto:Evan Agostini/Invision/AP)

A maior parte das pessoas vivas no planeta Terra hoje aprendeu que nosso sistema solar tem nove planetas - sendo Plutão o mais distante. Mas há alguns anos, mais especificamente em 2006, houve uma reviravolta na astronomia clássica e o astro “desceu” de categoria e passou a ser considerado um planeta anão. 

Nesta semana, porém, as discussões foram reacesas quando o chefe da Nasa Jim Bridenstine declarou que Plutão é, sim, um planeta! E a confirmação agradou bastante ou um outro cientista espacial que conhecemos bem: Brian May, o ex-guitarrista do Queen e detentor de um diploma de doutorado em astrofísica desde 2007. 

+++ LEIA MAIS: Vídeo do Queen no Live Aid mostra disputa de egos e rivalidade - nada como visto em Bohemian Rhapsody

May usou o seu Instagram para dizer o que ele acha de Plutão e de toda a discussão planeta/não planeta e, ao mesmo tempo, contar uma anedota da infância: “Plutão foi descoberto e nomeado como planeta um pouco antes de eu nascer. Naquela época, era no geral instintivo entender que os planetas eram uma família de objetos esféricos que orbitavam em volta do sol (e não de qualquer outra coisa).” Portanto, May concluiu que não há dúvidas: o astro é um “planeta clássico.” “Batam palmas para Plutão, o nono planeta!” brincou por fim. 

Mas, afinal, por que Plutão deixou de ser considerado um planeta? É simples: em 2006, a  União Astronômica Internacional redefiniu as regras do que um astro precisa fazer para chegar ao patamar em questão. Além das duas regras citadas por May - orbitar em volta do sol e ter formato esférico por conta do movimento -, o planeta tem uma terceira especificação: ser grande e forte o suficiente para dominar a órbita e expulsa quaisquer outros corpos dela. E Plutão não obedece essa última. Então, sinto muito, Brain May: Plutão já foi planeta, mas não é mais.


+++ A playlist da Drik Barbosa - De Emicida a Erykah Badu