Com performance energética e discurso de superação, Demi Lovato emociona público em São Paulo

Turnê Neon Lights também passa pelo Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Porto Alegre

Luísa Jubilut Publicado em 23/04/2014, às 06h50 - Atualizado às 19h58

Demi Lovato em São Paulo

Ver Galeria
(4 imagens)

Pintados com tinta neon no rosto e nos braços, os fãs brasileiros não conseguiram esperar o show de Demi Lovato começar. Visivelmente emocionados, aproveitaram as músicas pop que ecoavam pelas caixas de som do Citibank Hall paulista antes da apresentação para cantar e liberar um pouco da energia que vinham acumulando desde o último show da cantora no país, realizado em 2012.

Os nove surtos mais chocantes de astros teen

Dezesseis minutos depois do previsto, Demi subiu ao palco enquanto um vídeo com imagens da cantora em uma piscina, mescladas com cenas do clipe de "Heart Attack", criavam o clima para a música de abertura, recepcionada por gritos ensurdecedores. Vestindo uma jaqueta de couro com espinhos de metal e mechas coloridas improvisadas no cabelo, a cantora emendou o hit "Remember December", do disco Here We Go Again, lançado em 2009. Em seguida, reforçou o solo de bateria com um kit improvisado na frente do palco em “The Middle”, que também contou com um solo de guitarra.

“Aquele momento mudou a minha vida para sempre”, diz Demi Lovato sobre a reabilitação.

“Eu provavelmente não deveria dizer isso”, confessou ela, antes de “Catch Me”. “Mas vocês são um dos meus países favoritos do mundo.” Histérico, o público jovem não permitiu que Demi desse continuidade ao discurso nostálgico sobre a primeira passagem dela no país e impôs um coro de “Demi, eu te amo”. Quase cinco anos depois da apresentação com o Jonas Brothers no Brasil, a cantora já memorizou o significado da frase carinhosa. As tentativas desnecessárias de agradar a plateia, completamente na mão da norte-americana, continuaram em "Made in the USA", que só poderia acabar com um singelo “Made in Brazil”. A essa altura, muitas "Lovatics" - apelido dado aos fãs de Demi - já tinham passado mal e sido auxiliadas por seguranças. Outras meninas ainda seriam carregadas para longe da "muvuca" da grade ao longo da apresentação.

Durante a coletiva de imprensa realizada mais cedo no local do show, Demi avisou que o momento mais emocionante da apresentação seria o que antecedia “Warrior”. “Para quem não sabe pelo que eu passei e o que eu defendo, ou estão cheios de ouvir – eu não ligo a mínima –, interrompi uma turnê há muito tempo para me tratar”, contou, reforçando que muitas pessoas lidam diariamente com distúrbios alimentares, bullying, abuso de substâncias e até automutilação. “Não importa pelo que vocês estejam passando, vocês vão conseguir superar. Eu sou prova viva disso.” O clima solidário se intensificou quando fãs à beira do palco informaram a cantora sobre Milena, uma fã que estava hospitalizada. “Vamos todos fazer uma reza para Milena.” Ao final de “Warrior”, um coro caridoso de "Milena!" ressoou pelo local.

“Eu não acredito que tenho uma música vencedora do Oscar em meu set”, disse ela antes de entoar “Let it Go”, uma das mais aguardadas da noite. “Essa é de um filminho chamado Frozen: Uma Aventura Congelante.” Pela primeira vez, fãs conseguiram burlar a segurança e se aproximar da cantora, que deu conta de conciliar a breve sessão de selfies com uma boa performance do hit da Disney.

Um “vídeo da agradecimento” mostrou a evolução de Demi ao longo dos anos – e dos clipes -, começando com imagens da ex-apresentadora do The X Factor aos quinze anos em Camp Rock. “Quinze, dezesseis, dezessete, dezenove, vinte e, agora, vinte e um”, comemorou. “Unbroken” encadeou com “Neon Lights”, hit inquestionável que garantiu o ponto alto da apresentação energética.

Antes de retornar para o bis, mais um vídeo foi veiculado no telão principal. Desta vez, apresentadores de noticiários e programas televisivos – como Whoopi Goldberg e Ellen DeGeneres - repercutiam o colapso de Demi em 2010, citado anteriormente. Era a desculpa perfeita para introduzir “Skyscraper”, outra faixa que fala sobre superação e força – pilares principais da apresentação de Demi. Com uma segunda jaqueta de couro, ainda mais rock and roll do que a primeira, Demi fechou a apresentação com “Give Your Heart A Break”, enquanto uma chuva de papel (neon, é claro) dava fim à celebração pop.

Além dos outros dois shows em São Paulo (24 e 25 de abril), a turnê Neon Lights ainda passa pelo Rio de Janeiro (27/4 e 28/4l), Brasília (30/4), Belo Horizonte (1º de maio) e Porto Alegre (3/5 e 4/5).