Com a volta do Rage Against The Machine, RZA, do Wu-Tang Clan, quer finalizar turnê conjunta inacabada de 1997

O líder do grupo lendário de rap também comentou que esse é o momento ideal para o retorno da banda

Redação Publicado em 05/11/2019, às 12h32

None
RZA, integrante do Wu-Tang Clan (Foto: Amy Harris/Invision/AP)

Em entrevista ao TMZ, RZA comentou sobre a notícia divulgada recentemente de que o Rage Against The Machine vai voltar aos palcos em 2020. E além de ter demonstrado entusiasmo, o líder do Wu-Tang Clan já tem até planos para essa volta.

Inicialmente, o rapper disse que esse é o momento perfeito para o grupo formado por Tom Morello, Zack de la RochaTim Commerford e Brad Wilk se unir novamente, "porque hoje em dia tem muita coisa para se revoltar".

+++Leia mais: Prophets Of Rage confirma separação após anúncio de retorno do Rage Against The Machine

Além disso, falou também sobre um assunto pendente que tem com a banda: uma turnê inacabada que fizeram juntos em 1997, e que agora ele espera conseguir finalizar.

Há 22 anos, o lendário coletivo de rap Wu-Tang Clan viajou pelos Estados Unidos com o Rage Against The Machine como convidado especial, mas infelizmente não acompanhou a banda de rock até o final da turnê devido a conflitos internos entre os MCs que compõem até hoje o grupo.

Na última sexta, 1º de novembro, o RATM confirmou que vai voltar à atividade e já anunciou cinco shows em 2020. Um deles será como atração principal do festival Coachella.