Como Bruce Dickinson foi convencido a voltar para o Iron Maiden? Site revela bastidores

O vocalista saiu da banda em 1993 para dedicar-se à carreira solo, mas voltou em 1999

Redação Publicado em 19/08/2020, às 11h50

None
Bruce Dickinson (Foto: Agencia EL UNIVERSAL / Germán Espinosa / EELG / AP)

O vocalista Bruce Dickinson relembrou quais foram as palavras que enfim o convenceram a voltar para o Iron Maiden em 1999, como relatou o portal Ultimate Classic Rock.

+++ LEIA MAIS: Iron Maiden interrompe show ao ver fã apanhar de 10 seguranças na plateia

Dickinson, qua havia deixado os gigantes do metal em 1993, dedicava-se à carreira solo, mas, em entrevista recente à Kerrang!, ele admitiu que havia uma "incompatibilidade entre a expectativa e a realidade."

Isso o levou a uma conversa com o baixista do Iron Maiden, Steve Harris, responsável pelo anúncio de seu retorno durante a turnê Ed Hunter em 1999 e a estreia do 12º álbum de estúdio da banda, Brave New World, em 2000.

"Quando eu disse ao resto dos caras sobre a minha banda solo, eles imediatamente disseram: 'Bem, você tem que voltar'", relatou Dickinson à revista. "E eu disse: 'Sabe, isso significa que não posso mais tocar com vocês da mesma forma, porque meus pés não vão tocar o chão, certo?' E eles disseram: 'Não, cara, você tem que fazer isso. O mundo precisa do Iron Maiden!' E eu pensei: 'Merda. Eu nunca havia pensado nisso dessa forma. Mas vocês estão certos - o mundo precisa do Maiden. Vamos lá!"

+++ LEIA MAIS: Todos os discos do Iron Maiden, do pior para o melhor, segundo votação organizada pelo Kerrang

As palavras ecoaram na mente de Dickinson durante o show que se seguiria. "O mundo precisa o Iron Maiden, e aqui estamos nós. E você tem aquela sensação de que pode mover montanhas. Eu me sentia muito mais confiante sobre quem era e como me apresentava. Aprendi muito nesse meio tempo", concluiu.

 


+++ DECLACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'