Como David Bowie influenciou Adoráveis Mulheres, novo filme de Emma Watson?

A adaptação do romance homônimo de 1868 deve chegar ao Brasil em janeiro de 2020

Redação Publicado em 19/12/2019, às 18h26 - Atualizado às 18h43

None
Emma Watson em Adoráveis Mulheres (reprodução) e David Bowie (AP)

Na última terça, 17, Alexandre Desplat deu entrevista à Billboard sobre a nova adaptação de Greta Gerwig, Adoráveis Mulheres. O compositor da trilha sonora do longa comentou sobre as influências da produção, incluindo o lendário David Bowie.

+++LEIA MAIS:Emma Watson espalha 2 mil cópias do livro Adoráveis Mulheres pelo mundo em campanha por leitura

Adoráveis Mulheres é a adaptação do romance de 1868 escrito por Louisa May Alcott. A produção é estrelada Saoirse Ronan, Timothée Chalamet, Meryl Streep e Emma Watson e conta a história de quatro irmãs no século 19.

Segundo o compositor, Gerwig solicitou uma trilha sonora que dialogasse com MozartBowie". O compositor falou sobre as primeiras conversas com a diretora: "Sempre tento perguntar:‘ O que você espera de mim como compositor? Você quer que eu faça algo grandioso? Melancólico? Exuberante? Enorme? Pequeno?'".

+++LEIA MAIS: Box de David Bowie terá gravações caseiras de clássicos do Space Oddity

Alexandre Desplat explicou que Gerwig deixou claro o seu desejo: "Ela disse com entusiasmo, 'Gostaria que a música fosse um encontro entre MozartBowie’". Ele também acrescentou: "Isso não significa nada, mas significa algo se você deixar que a energia entre em seu sistema e obter algo disso, e essa abertura é sobre isso".

Mas como Desplat interpretou essa mistura entre MozartDavid Bowie? O compositor explicou: "Eu acho que energia, pulso, melodias, alegria e ritmo, porque Mozart tem muito ritmo. E Bowie, é claro, há algo pop na direção de arte deste filme".

+++LEIA MAIS: Primeira imagem do filme sobre David Bowie é revelada; veja

O compositor continuou: "Há uma juventude em Mozart, porque sabemos que Mozart foi criança a vida toda, e para Bowie, há algo extravagante sobre ele que vemos em seus personagens - eles querem ser diferentes, todos querem ser artistas, exceto Meg, talvez".

Adoráveis Mulheres está previsto para chegar às telonas, nos Estados Unidos, em dezembro. No Brasil, o longa estreará em janeiro de 2020.


+++ FRANCISCO EL HOMBRE SOBRE RASGACABEZA: 'É UM DISCO INDIGESTO, TOCA EM PONTOS DOLORIDOS E ÍNTIMOS'