Como ‘Don’t Stop Me Now’ se tornou uma das músicas mais amadas do Queen?

Quando lançou, canção alcançou o 86° lugar da Billboard Hot 100, mas ganhou popularidade ao longo dos anos

Redação Publicado em 13/05/2021, às 13h05

None
Freddie Mercury (Foto: Gill Allen / AP)

Com uma discografia extensa cheia de hits, "Don’t Stop Me Now" é uma das músicas de maior destaque do Queen, aparecendo em diversos comerciais e trilhas sonoras de filmes e séries de televisão. No entanto, a canção demorou para se tornar uma das músicas mais amadas da banda britânica.

Mesmo lançada há 52 anos, "Don’t Stop Me Now" continua marcando presença. Apareceu em comerciais de empresas como Toyota, Amazon e L'Oreal. Também foi trilha sonora de Todo Mundo Quase Morto (2004) e da primeira temporada de The Umbrella Academy, série original Netflix.

+++LEIA MAIS: Queen bate novo recorde de streaming - e não é com 'Bohemian Rhapsody'

De acordo com a Billboard, esse recente aumento na exposição da música faz sentido,  porque se considerar o sucesso de bilheteria de Bohemian Rhapsody (2018), filme responsável por deter a marca de filme biográfico musical de maior arrecadação de todos os tempos.

No entanto, a evolução da música vai além do sucesso do filme. Quando foi lançada, no final dos anos 1970, "Don’t Stop Me Now" alcançou a 9ª posição das paradas no Reino Unido - e chegou em 86° lugar no Hot 100.

+++LEIA MAIS: Como Michael Jackson ajudou o Queen a criar 'Another One Bites The Dust'?

Anos depois, a música não é apenas uma das músicas mais valiosas do Queen, mas uma das canções mais populares da atualidade. Em março de 2019, alcançou 500 milhões de reproduções no Spotify - quase o dobro de diversas músicas dos Rolling Stones, U2 ou Led Zeppelin no streaming.

Segundo a Billboard, a popularidade de "Don’t Stop Me Now" começou a crescer no começo dos anos 2000, nomeada no Top Gear como Melhor Canção para Dirigir de Todos os Tempos. Também ganhou destaque com Glee, após performance elogiada de Darren Criss, intérprete de Blaine Anderson.

+++LEIA MAIS: Freddie Mercury teve caso secreto com Carrie Fisher, de Star Wars; entenda [FLASHBACK]

Como o site relatou, a música ganhava cada vez mais espaço na mídia e, por conta disso, ficava cada vez mais popular e amada pelos fãs. De 2008 a 2013, a canção teve uma média de cerca de 47.000 downloads por ano. A partir de 2014, o número passou a aumentar cada vez mais. Veja, abaixo, a quantidade de downloads entre até 2018.

2013: 7.04 milhões;
2014: 13.6 milhões;
2015: 24.3 milhões;
2016: 38.1 milhões;
2017: 63.8 milhões;
2018: 115.6 milhões.

+++LEIA MAIS: Os 6 filmes que Sylvester Stallone se arrepende de ter feito [LISTA]


+++ MV BILL: 'A GENTE TEM A PIOR POLÍTICA DE GOVERNO PARA O PIOR MOMENTO' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL