Como foi o último show do Led Zeppelin completo, com John Bonham, em Berlim; ouça

Em 1980, o icônico grupo dividiu o palco pela última vez com a formação original e a apresentação foi histórica

Redação Publicado em 28/02/2020, às 12h43

None
Led Zeppelin em 1968 (Foto: Reprodução/ Instagram/Jørgen Angel)

No verão norte-americano de 1980 que os fãs viram a última apresentação do Led Zeppelin com Robert Plant,Jimmy Page, John Paul Jones e John Bonham. A morte do lendário baterista do Led Zeppelin trouxe o fim de uma das eras mais importante do rock. 

+++ LEIA MAIS: Jimmy Page queria a volta do Led Zeppelin, mas a banda aprendeu "uma dura lição nos anos 1980"

Os icônicos músicos dividiram o palco sem muitos detalhes. Naquela época, a indústria havia se voltado para o cenário básico do punk e do new wave e isso fez com que a banda mudasse drasticamente a atuação no palco. 

Com isso, o grupo evitou qualquer coisa que parecesse muito produzida, incluindo as fumaças, lasers, figurino e o setlist. Isso fez com que alguns momentos fossem cortados como o solo de bateria de Bonham em "Moby Dick", o solo de violino de Page em "Dazed and Confused" e a introdução de teclado de John Paul Jones em "No Quarter". 

+++ LEIA MAIS: Robert Plant nunca imaginou que faria um disco sem o Led Zeppelin

Ainda assim, a banda fez um show cheio de clássicos, já que o Led Zeppelin não seria completo sem "Stairway To Heaven", "Kashmir" e "Whole Lotta Love". 

Infelizmente, o baterista morreu por asfixia no dia 25 de setembro de 1980. O baterista do Led Zeppelin foi encontrado sem vida na casa de Jimmy Page. O músico engasgou com o próprio vômito depois de consumir o equivalente a 40 doses de vodka.

Ouça abaixo a apresentação final da formação icônica do Led Zeppelin:


+++ TITÃS CELEBRA O ACÚSTICO, MAS SE MANTÉM ELÉTRICO - E É ATRAÇÃO DA MUSIC & RUN