Como Freddie Mercury conheceu o ‘amor da vida’ Mary Austin

Relacionamento foi o mais íntimo e duradouro da vida do vocalista do Queen

Redação Publicado em 14/07/2020, às 12h26

None
Mary Austin e Freddie Mercury (Foto: Reprodução)

Freddie Mercury e Mary Austin tiveram um relacionamento de seis anos e, após o término do noivado, em 1975, seguiram como melhores amigos pelo resto da vida do cantor. Ambos se conheceram após Mercury terminar a faculdade de arte, como lembra o Express UK, e iniciaram a relação mais duradoura da vida do artista.

De acordo com a publicação, a dupla se conheceu em 1965. Algum tempo depois, ambos se apaixonaram e dividiram um apartamento. Com quatro anos de relacionamento, Mercury a pediu em casamento - e mudou de ideia mais tarde. Nos últimos dois anos de namoro, o cantor se envolveu com um homem e revelou a bissexualidade.. "Senti como se um grande peso fosse tirado das minhas costas. Gostei dele ter sido honesto comigo", contou Mary em entrevista ao documentário Freddie Mercury: The Untold Story (2000). 

+++ LEIA MAIS: Mary Austin detalha a conexão com Freddie Mercury: ‘A dor dele era a minha dor’

A música "Love of My Life", na qual o astro canta sobre o "amor da vida", foi inspirada pelo fim do relacionamento com Mary, uma decisão dela. 

Apesar da separação, Mercury considerava a relação como um casamento. "Mary é minha única amiga e não quero mais ninguém. Para mim, ela era minha esposa perante a lei”, disse o cantor em 1985 (via Express UK). "Para mim, era casamento. Acredtiávamos um no outro, e isso basta para mim".


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO