Como Giovana Duval, brasileira, quase estragou decoração da casa de Jennifer Aniston: 'Deve ter vidro lá até hoje'

A esteticista não viu uma estátua na hora de dar ré com o carro

Redação Publicado em 24/07/2020, às 11h49

None
Jennifer Aniston (Foto: Jordan Strauss / Invision / AP)

Giovana Duval, especialista em bronzeamento artificial, foi convidada do De Carona na Carreira, podcast de Thaís Roque, escritora. A esteticista contou, durante o programa, uma história bem peculiar: como foi contratada para bronzear Jennifer Aniston, de Friends - mas achou que seria ‘deportada’ depois de quebrar objeto valioso.

“Estava acostumada a trabalhar com [famosos], mas, não sei por quê, lembro de estar nervosíssima, sabe? Cheguei na casa dela e estava tremendo. Tem certas pessoas que não dá para ‘se fazer de normal’. [Jennifer] foi super querida.”

+++ LEIA MAIS: Friends: Os relacionamentos de Rachel do pior para o melhor, segundo site

Algo que chamou atenção na casa, para Duval, foi a beleza da casa: “Acho que é uma das mais bonitas que eu já vi. Tinha aquelas pedrinhas, tipo brita, no chão. Quando fui estacionar na frente da casa, o chão é de pedrinhas, e tem árvores, esculturas…”

Tudo foi bem durante o procedimento. O problema foi na hora de ir embora… “Era noite, e fui dar ré [no carro] e bati em alguma coisa. Deu um estrondo… ‘Quebrei uma estátua! Quebrei uma estátua! Imagina quanto custa essa estátua? Vou ter que ir embora dos EUA….' Comecei a pensar. ‘Vou ter que viver de coxinha!’”

+++ LEIA MAIS: Se Friends tivesse terminado um pouco antes, Jennifer Aniston estrelaria uma das melhores séries policiais

Com o impacto, o vidro traseiro quebrou e caiu entre as pedrinhas. O segurança veio acudir, mas ela “fugiu” dali. Mesmo com o incidente, deu tudo certo: duas semanas depois, Aniston pediu, de novo, para ela ir lá. Quando chegou, descobriu que, na verdade, a estátua não tinha quebrado - só o vidro do carro. “Ainda tinha pedaço do meu vidro ali, no chão da casa dela. Até hoje deve ter,” brincou Duval.

+++ FREJAT: O DESAFIO É FAZER AS PESSOAS SABEREM QUE O DISCO EXISTE