Como Gotham City já foi a cidade mais segura do mundo?

Gotham é conhecida no universo da DC por ser cheia de vilões e ser bem perigosa

Redação Publicado em 26/06/2020, às 18h58

None
HQ do Batman (Foto: Divulgação/DC Comics)

Gotham é conhecida no universo da DC por ser cheia de vilões e ser bem perigosa. No entanto, em um momento particular dos quadrinhos, a cidade já foi a mais segura do mundo - e não por causa da proteção do Batman -, como relembra o ScreenRant.

Na verdade, o responsável por tornar Gotham uma cidade perfeita foi o Espantalho. O personagem, também chamado de Jonathan Crane, é um pesquisador conhecido por estudar o Medo e as respostas humanas a esse sentimento. 

+++LEIA MAIS: Foto revela primeira vilã de The Batman com Robert Pattinson: é a Mulher-Gato?

Apesar de ficar obcecado pelo assunto e se tornar um vilão por sempre produzir gases que induzem o medo das pessoas, uma vez ele criou o efeito contrário. Crane desenvolveu um gás da felicidade, que faria as pessoas verem o que gostariam que fosse verdade. O resultado disso? Gotham virou "Gothtopia", a "cidade mais segura dos EUA".

Nesse mundo utópico, o nível de crime de Gotham caiu 90%. Nesse cenário, Batman saia para trabalhar de manhã - e não de noite como de costume. O uniforme do herói também mudou. Sem o traje escuro, agora ele vestia roupas brancas. Outros personagens também se transformaram. Antes vilão, Pinguim virou o prefeito. 

+++LEIA MAIS: 13 uniformes memoráveis do Batman ao longo dos anos: mamilos ridículos, fortalezas ambulantes e mais [LISTA]

Tudo parecia perfeito, mas os níveis de suicídio da cidade aumentaram. Batman e os aliados não sabiam que Espantalho estava por trás da transformação da cidade. O herói só conseguiu se libertar da droga de Crane depois de ser afetado por componentes químicos durante um encontro com Hera Venenosa - que estava imune ao gás do vilão.

Então, Batman e Hera Venenosa trabalharam juntos para entender os motivos do antagonista. Os dois descobriram como Crane usava o gás da felicidade para mudar drasticamente a taxa de suicídio. Quando as vítimas morriam, o vilão extraia delas um componente químico que aumentava a quantidade do gás do medo.

+++ LEIA MAIS: Tudo o que já sabemos sobre o Batman de Robert Pattinson: novo uniforme, início das filmagens, elenco, história e data de estreia

O plano do Espantalho, então, era ter vítimas o suficiente para depois jogar o gás do medo em toda Gotham. Para impedir o ato, Batman encheu o gás de medo de Crane com o antídoto. Assim, o Morcego derrotou o vilão.

Gotham voltou a ser o que era, mas, como pontua o ScreenRant, foi interessante entender como seriam as relações dos cidadãos caso a cidade fosse parecida com uma utopia. 


+++ A PLAYLIST DO SCALENE