Como Jack Nicholson salvou a carreira de Michael Caine nos anos 1990?

Depois de vencer dois Oscar, Caine se distanciou do estrelato e pensou na aposentadoria

Redação Publicado em 23/03/2020, às 17h57

None
Jack Nicholson e Michael Caine (Foto 1: Mark J. Terrill/AP/ Foto 2: Reprodução)

Em homenagem da EW para Michael Caine, o ator revelou como o amigo Jack Nicholson foi essencial para salvar a carreira dele nos anos 1990.

Segundo a FarOutMagazine, Caine ficou desiludido com Hollywood e o estresse do trabalho nos anos 1980. Com isso, depois de ter ganho dois Oscar, o ator se distanciou do estrelato nos anos 1990 e pensou na aposentadoria.

+++ LEIA MAIS: 3 papéis incríveis de Jack Nicholson no cinema - e 3 não muito bons [LISTA]

No entanto, Nicholson mudou a perspectiva do colega. Caine comentou para a EW: "Jack Nicholson, um ator maravilhoso, que também estava em Miami na época, me convenceu de que a reinvenção não precisava ser tão extrema".

Ele completa: "Por que não simplesmente me reinventar como ator de cinema, em oposição a uma estrela de cinema? Um ator de um personagem, em vez de um ator principal? Qual é a diferença? Bem, basicamente é isso. Quando as estrelas do cinema recebem um roteiro que desejam fazer, elas o modificam para se adequar nele. Quando os principais atores do cinema recebem um roteiro que desejam, mudam a si mesmos para se adequar ao roteiro".

+++LEIA MAIS: Jack Nicholson é escalado como protagonista em remake de Toni Erdmann

Depois da epifania, Caine voltou para o cinema e fez o filme Sangue & Vinho ao lado de Nicholson em 1997. Após o longa, Michael atuou em mais de 50, inclusive na trilogia do Batman - O Cavaleiro das Trevas - feita por Nolan.


+++ GUNS N' ROSES: 11 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A BANDA