Como Michael Jackson ajudou o Queen a criar 'Another One Bites The Dust'?

A amizade entre Freddie Mercury e Michael Jackson levou o Queen a compor um de seus grandes sucessos

Itaici Brunetti Publicado em 12/05/2021, às 09h04 - Atualizado às 09h09

None
Jackson se encontra com Mercury em camarim / Crédito: Divulgação/YouTube/Desh .Ranasinghe/20.07.2008

Ao lado de "Bohemian Rhapsody", "Another One Bites The Dust" é um dos maiores sucessos do Queen. Com um baixo pulsante e ritmado, a canção foi composta pelo baixista John Deacon, mas Freddie Mercury e Brian May creditam a Michael Jackson um papel fundamental na criação da música. 

No início de 1980, Freddie Mercury e Michael Jackson tiveram uma breve e intensa amizade. Ao site Express UK, o guitarrista Brian May relembrou como a interação dos dois maiores astros da música começou: "Michael costumava ir aos nossos shows no Forum, em Los Angeles. Acho que ele gostava de nós. Ele continuou indo nos ver e então o conhecemos."

+++LEIA MAIS: Freddie Mercury teve caso secreto com Carrie Fisher, de Star Wars; entenda [FLASHBACK]

Segundo o guitarrista, o Rei do Pop começou a encorajar o vocalista do Queen a explorar uma nova sonoridade. "Freddie me disse uma vez que Michael era um fã nosso e que dizia a ele que precisávamos fazer uma música em que os gatos pudessem dançar," disse May.

"Então, John Deacon nos apresentou esse riff de baixo durante um ensaio e todos pensamos imediatamente no gênero disco, muito popular na época", relembrou o guitarrista. "Quando a canção ficou pronta, a mostramos para Michael Jackson. Ele aprovou na hora. Começou a balançar a cabeça para frente e para trás, e disse: 'É isso! Lance-a e ela estará no topo das paradas.'"

+++LEIA MAIS: George Michael quase substituiu Freddie Mercury no Queen? Roger Taylor responde

"Another One Bites The Dust" foi lançada em outubro de 1980. No Reino Unido, a música alcançou somente o 7º lugar das paradas, mas se tornou hit instantâneo nos EUA.

Na Terra do Tio Sam, a canção permaneceu no primeiro lugar da Billboard Hot 100 por três semanas seguidas e por 13 semanas no top 5. Ao todo, ficou 31 semanas na parada americana.

A música aumentou mais ainda o público do Queenna América do Norte e a banda reconheceu o papel crucial desempenhado porMichael Jackson. "Freddie dizia que o crédito pela música deve ir para Michael Jackson de várias maneiras", pontuou Brian May

Brigas

Terceira faixa do álbum The Game (1980), "Another One Bites The Dust" causou discussões entre os integrantes do Queen antes de ser gravada e lançada.

O baterista Roger Taylor ficou aborrecido com a tentativa de John Deacon e Freddie Mercury em tentar levar a banda para uma sonoridade mais "groovada", se distanciando do rock and roll. A situação piorou quando um loop da bateria de Taylor foi usado no lugar do instrumento tocado ao vivo. 

+++LEIA MAIS: Brian May relembra modo de trabalho de Freddie Mercury em 'Bohemian Rhapsody': 'Inflexível'

Ao ver Roger Taylor irritado, Freddie Mercury se aproximou do companheiro de banda - que já não eram tão amigos - e disse: "Querido, deixe comigo. Eu acredito nisso". John Deaconfoi quem escreveu a música, mas foi preciso o apoio de Freddie para que ela seguisse adiante e se tornasse um dos grandes sucessos do Queen.

As informações são do site Express UK.


+++ MV BILL: 'A GENTE TEM A PIOR POLÍTICA DE GOVERNO PARA O PIOR MOMENTO' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL