Como o adeus de Tony Stark na Fase 4 do MCU poderia ser ainda mais doloroso?

O sacrífico de Tony Stark em Vingadores: Ultimato foi um momento impactante no MCU, no entanto a Marvel perdeu a oportunidade de torná-lo ainda mais doloroso

Mariana Rodrigues (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 07/06/2021, às 20h50

None
Robert Downey Jr. como Tony Stark em Vingadores: Ultimato (Foto: Marvel / Reprodução)

A morte de Tony Stark (Robert Downey Jr.) em Vingadores: Ultimato (2019) com certeza foi uma das mais impactante no MCU. No entanto, a Marvel evitou uma despedida que poderia ser ainda mais dolorosa ao não mostrar como os outros heróis e a família de Stark lidaram com o sacrifício dele para derrotar Thanos (Josh Brolin).

Homem-Aranha: Longe de Casa(2019) mostrou o impacto na vida de Peter Parker (Tom Holland) ao perder uma figura paterna. No entanto, o MCU não explorou como Morgan Stark (Lexi Rabe) e Visão (Paul Bettany), também foram fortemente afetados pela morte do herói.

+++ LEIA MAIS: Monica Rambeau, de WandaVision, voltará em Capitã Marvel 2? Atriz responde

De acordo com o Screen Rant, apesar de serem completamente opostos, Morgan e Visão estão unidos por serem "filhos" de Stark e por compartilharem a mesma dor. WandaVision (2021) explorou muito como Visão, quem normalmente agia apenas pela lógica, experimentou diversos sentimentos, e ver ele interagindo com uma criança proporcionaria momentos ainda mais emocionantes para o público.

No entanto, agora é impossível para a Fase 4 da Marvel mostrar essa relação, devido à morte de Visão em Ultimato e os acontecimentos em WandaVision, os quais provam como ele e Morgan não interagiram.

+++ LEIA MAIS: Por que Loki é tão amado pelos fãs? Tom Hiddleston responde

Mesmo assim, há uma oportunidade para a filha de Stark ter mais tempo de tela e talvez compartilhar momentos com outros heróis, como Homem-Aranha. Independente da forma que isso aconteça, seria um momento capaz de arrancar lágrimas do público. 


+++ URIAS: 'AS PESSOAS ESTÃO COMEÇANDO A ENTENDER MAIS DE MIM' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL