Como o The Black Album mudou a história do Metallica? James Hetfield explica

James Hetfield, vocalista e guitarrista do Metallica, revelou que o The Black Album tornou a banda importante

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 11/06/2021, às 17h52

None
James Hetfield, vocalista do Metallica (Foto: Kevin Winter/Getty Images)

The Black Album, ou o disco de estreia do Metallica completa 30 anos em 2021. Lançado em 12 de agosto de 1991, é um dos álbuns mais bem sucedidos das últimas décadas, e vendeu 35 milhões de cópias ao redor do mundo. James Hetfield explicou como o trabalho mudou a vida da banda. As informações são do Blabber Mouth.

O disco introduziu aos fãs músicas como "Enter Sandman," "The Unforgiven" e "Nothing Else Matters," e foi essencial para lançar o Metallica mundialmente. "Muito mudou para nós depois do lançamento do The Black Album. A percepção da importância da banda mudou muito," disse Hetfield.

+++LEIA MAIS: Metallica compôs quantas músicas durante pandemia de Covid-19? James Hetfield responde

Segundo o guitarrista, vocalista e co-fundador da banda, as canções se tornaram queridas pelos fãs de heavy metal ao redor do mundo, e o nome Metallica virou conhecido. "Mudou as nossas vidas e espero que tenhamos ajudado o mundo a conectar."

Para comemorar o disco, a marca Blackened American Whiskey anunciou um artigo de colecionador para fãs do Metallica e da bebida: o The Black Album Whiskey Pack. Rob Dietrich, destilador e um dos criadores do whiskey disse: "The Black Album é um dos primeiros trabalhos que encarei como um hino pessoal. É incrível, ajudou a mim e meus amigos durante tempos difíceis."

+++LEIA MAIS: James Hetfield está em dúvida sobre tomar vacina contra Covid-19: 'Estou cético'


+++ URIAS: 'AS PESSOAS ESTÃO COMEÇANDO A ENTENDER MAIS DE MIM' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL