Como o The Clash inspirou Bob Marley a compor 'Punky Reggae Party'?

O músico jamaicano se identificava com a mensagem das músicas do grupo inglês

Redação Publicado em 31/05/2021, às 17h25

None
Joe Strummer (Foto: Globe Photos / Media Punch / IPX) e Bob Marley (Foto: Reprodução / Multishow)

Apesar de nunca ter visto um show do The Clash, Bob Marley admirava a banda inglesa e a mensagem transmitida pelas músicas dela. Na década de 1970, o cantor jamaicano se inspirou no grupo para compor "Punky Reggae Party". (Via Showbiz CheatSheet)

Marley morou na Inglaterra por um breve período no início dos anos 1970, e voltou para o país em 1977. O ícone do reggae conheceu o The Clash por meio do amigo Lee “Scratch” Perry, segundo o livro Catch a Fire: The Life of Bob Marley.

+++LEIA MAIS: Por que o último show de Mick Jones com The Clash terminou em fiasco? Entenda

“Ele admirava a coragem e raiva deles diante da estratificação social da Inglaterra e da opressão econômica de classe”, escreveu o autor Timothy White.

Quando o The Clash fez um cover de "Police and Thieves", de Junior Murvin, Marley decidiu criar uma composição em homenagem à banda ao lado de Perry e do grupo de reggae Aswad.

+++LEIA MAIS: Joe Strummer, do The Clash, já dirigiu um filme sobre gangsters punks; assista

"Punky Reggae Party" foi lançado como um single e, mais tarde, como uma b-side da versão deluxe do disco Exodus (1977), porque a gravadora não gostava do lado punk da canção, segundo o próprio Marley.

“A gravadora luta contra nós. Você sabe que eles não gostam do punk. Eles não querem ir a uma festa punk e reggae. Mas vamos considerá-los culpados. Agora o povo está pirateando. A música é um sucesso na Inglaterra," disse o músico para a revista Interview.

+++LEIA MAIS: O dia em que Joe Strummer foi preso durante um show do The Clash


+++ SUPLA | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL