Como o fim trágico do Mother Love Bone deu início ao Pearl Jam?

O grupo, que poderia ter sido um grande sucesso nos anos 1990, não chegou a ter o primeiro álbum lançado

Redação Publicado em 29/01/2020, às 10h22

None
Pearl Jam em 1993 (Foto: Kevork Djansezian / AP)

Antes do Pearl Jam se tornar um dos maiores grupos de rock da indústria musical, alguns integrantes do grupo já se conheciam e tocavam há anos juntos. O guitarrista Stone Gossard e o baixista Jeff Ament tinham uma banda de proto-grunge Green River, e logo depois, fundaram a Mother Love Bone com o carismático vocalista Andrew Wood

+++ LEIA MAIS: Tudo o que sabemos sobre Gigaton, o novo disco do Pearl Jam

Inclusive, Mother Love Bone poderia ter sido uma das maiores bandas dos anos 1990, se não fosse a trágica morte de Wood por overdose de heroína alguns meses antes do lançamento do primeiro álbum do grupo.

+++ LEIA MAIS: Dave Grohl recusou tocar no Pearl Jam depois do fim do Nirvana

No entanto, apesar da perda, Ament e Gossard não pararam de fazer música um com o outro, então criaram algumas faixa demo para uma nova banda. Para isso, eles precisavam apenas de um novo baterista para o projeto e enviaram a fita para o amigo Jack Irons, que havia deixado recentemente os shows do Red Hot Chili Peppers

+++ LEIA MAIS: Flashback: Em 1993, Pearl Jam lançava disco Vs. sem alarde; assista apresentação de 'Animal'

Mas Irons não estava realmente interessado a tocar bateria em um combo de Seattle (pelo menos não neste monento), sendo assim, ele passou a fita para um cara com quem ele jogava basquete, um aspirante a cantor chamado Eddie Vedder. 

+++ LEIA MAIS: Depois de ser demitido do Red Hot Chili Peppers, Josh Klinghoffer abrirá shows do Pearl Jam

Irons não foi responsável apenas por apresentar Vedder para o restante dos integrantes do Pearl Jam, mas fez o novo grupo abrir o show do Red Hot Chilli Peppers na turnê de 1991.


 +++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL