Como o lançamento da animação Trolls 2 resultou em uma briga entre a Universal e uma rede de cinemas norte-americana

Devido à pandemia do coronavírus, estúdio decidiu lançar Trolls 2 diretamente em serviços de streaming

Redação Publicado em 01/05/2020, às 16h42

None
Trolls 2 (Foto: Universal/Divulgação)

Devido à pandemia do coronavírus, a Universal Pictures decidiu lançar Trolls 2diretamente em serviços de streaming. No entanto, isso ocasionou em um briga com a maior rede de cinemas norte-americana, a AMC. As informações são do ConsequenceofSound.

Nesta terça, 27, o estúdio informou que o filme arrecadou US$ 100 milhões nas três semanas após a estreia. O sucesso do longa pode ter sido resultado da quarentena, já que as pessoas passam mais tempo em plataformas digitais.  

+++ LEIA MAIS: Universal lançará filmes no cinema e TV ao mesmo tempo para conter coronavírus, incluindo Homem Invisível

Em comunicado, o diretor da NBCUniversal, Jeff Shell,  comentou como a produção "excedeu nossas expectativas e demonstrou a viabilidade" do streaming. O comentário não foi bem recebido pela AMC, que logo depois declarou que não exibirá mais filmes do estúdio.

"Efetivamente, imediatamente, a AMC não exibirá mais filmes da Universal em nenhum de nossos cinemas nos Estados Unidos, Europa ou Oriente Médio", disse Adam Aron, CEO da AMC Theatres em comunicado. "Essa política afeta todo e qualquer filme da Universal em si, entra em vigor hoje e quando nossos cinemas reabrem, e não é uma ameaça vazia ou mal considerada."

+++ LEIA MAIS: 7 filmes adiados por causa do coronavírus - Velozes e Furiosos, Lugar Silencioso e mais

Aron continuou: “Aliás, essa política não se destina apenas à Universal por motivo de punição ou de qualquer forma punitiva, mas também se estende a qualquer cineasta que abandona unilateralmente as atuais práticas de janelas sem negociações de boa fé entre nós".

A partir da repercussão, a Universal Pictures se manifestou e enfatizou que acredita "absolutamente na experiência teatral e não declaramos o contrário". Ainda, o estúdio informou como "daqui para frente, esperamos lançar filmes futuros diretamente para os cinemas, bem como no [streaming] quando essa distribuição fizer sentido”.

+++LEIA MAIS: Disney redefine lançamentos após pandemia de coronavírus: Mulan, Viúva Negra, Os Eternos e mais; veja novas datas do Brasil

A equipe da Universal disse estar desapontada "com essa tentativa aparentemente coordenada da AMC e da OTAN de confundir nossa posição e nossas ações". E, completou:  “Nosso objetivo ao lançar Trolls: World Tour no [streaming] era oferecer entretenimento a pessoas que estão abrigadas em casa, enquanto os cinemas e outras formas de entretenimento externas não estão disponíveis. Com base na resposta entusiástica ao filme, acreditamos que fizemos o movimento certo”.

Apesar da resposta, a AMC não pareceu mudar de ideia, e, ainda, outra rede de cinema norte-americana se juntou ao boicote contra a Universal, a Regal Entertainment

+++ LEIA MAIS: Coronavírus pode custar mais de R$ 22 bilhões à indústria cinematográfica mundial; entenda

Mesmo com a repercussão das redes de cinema, Trolls 2 contina a fazer sucesso e, por causa das novas normas do Oscar, o filme pode participar da cerimônia.


+++ RUBEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL