Como Stanley Kubrick afetou negativamente as sequências de Matrix?

O diretor de fotografia da saga, Bill Pope, explicou como o lendário cineasta influenciou o processo de gravação das irmãs Wachowski

Redação Publicado em 15/07/2020, às 08h48

None
Keanu Reeves como Neo em Matrix Reloaded (foto: reprodução Warner)

Bill Pope, diretor de fotografia de Matrix, revelou que Stanley Kubrick afetou negativamente as filmagens das sequências da saga e tornou o processo "miserável", de acordo com o Screen Rant

Em entrevista ao IndieWire, o cineasta disse que houve muitos “atritos” pessoais, mas o fator definitivo para as sequência terem sido “entorpecentes da mente e da alma” foi um livro de Kubrick, o qual propõe um método de direção intenso e cansativo. 

+++LEIA MAIS: Vazam fotos de Keanu Reeves e Neil Patrick Harris no set de Matrix 4; veja

“Havia muitos atritos e muitos problemas pessoais, e isso apareceu na tela. Não foi o meu melhor momento e nem o de ninguém. As Wachowski leram este maldito livro de Stanley Kubrick, que dizia: 'Os atores não fazem performances naturais até que você os desgaste'. Então vamos filmar 90 vezes!'. Quero desenterrar Stanley Kubrick e matá-lo."

Pope ainda confessou que não gostou do resultado final das sequências e disse: "Tudo o que foi bom na primeira experiência não foi bom nas duas últimas. Nós não estávamos mais livres. As pessoas estavam olhando para nós. Houve muita pressão. No meu coração, eu não gostei dos filmes. Eu senti que deveríamos ter ido em outra direção”.

+++LEIA MAIS: Carolina Ferraz na Matrix? Estreia da atriz na Record rende meme; veja

De fato, o primeiro filme de Matrixfoi um sucesso de bilheteria e criou uma grande pressão sobre os próximos filmes, os quais não conseguiram superar o longa-metragem original. Contudo, os espectadores poderão se reconciliar com a saga em breve com o lançamento de Matrix 4 . 


+++ 15 HISTÓRIAS INACREDITÁVEIS (E REAIS) DE OZZY OSBOURNE