Como Star Wars conseguiu atrapalhar - e muito - a franquia James Bond?

O sucesso da Ópera Espacial criada por George Lucas fez 007 Contra o Foguete da Morte ser feito do zero

Redação Publicado em 20/03/2020, às 13h54

None
Star Wars / 007 Contra o Foguete da Morte (foto: reprodução)

Apesar de parecerem filmes imensamente diferentes, a franquiaStar Wars foi responsável por uma forte influência nos filmes do espião James Bond. Segundo o site ScreenRant,  007 Contra o Foguete da Morte (1979) existe principalmente por causa do sucesso de Uma Nova Esperança (1977).

Na época, o primeiro Star Wars foi a maior bilheteria doméstica da história dos Estados Unidos. Esse sucesso motivou a produção do 007 que se passa no espaço, pois, originalmente, o quarto filme de Roger Moore como James Bond seria 007 - Somente para Seus Olhos (1981).

+++LEIA MAIS: Criador de Star Wars, George Lucas não vai deixar herança para os filhos; entenda

A maior prova da correção de curso da franquia está escancarada nos créditos finais de O Espião que Me Amava, lançado no mesmo ano que Star Wars: "James Bondretornará para Somente para Seus Olhos".

Não apenas a sequência mas também o título foram confirmados pelo filme. Vale mencionar também que na obra de Ian Flemming, as aventuras originais do espião inglês nunca se situaram no espaço.

+++LEIA MAIS: Diretor de Star Wars: Os Últimos Jedi compartilha fotos dos bastidores do filme - e até Carrie Fisher aparece

Apesar da improvisação para mandar James Bond para o espaço, 007 Contra o Foguete da Morte foi um grande sucesso de bilheteria e é até hoje um filme muito divertido. Mesmo que os efeitos especiais não tenham envelhecido tão bem quanto Star Wars, Roger Moore compensa com o imenso carisma e sólida atuação no papel.


+++ GUNS N' ROSES: 11 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A BANDA