Como uma foto de 56 anos foi parar na capa do novo disco de Bob Dylan

O álbum Rough and Rowdy contém uma imagem tirada por Ian Berry em um clube de Londres

Andy Greene, Rolling Stone EUA Publicado em 12/05/2020, às 18h54

None
Capa de Rough and Rowdy Ways (Foto: Reprodução/ Columbia Records)

A foto na capa do próximo LP de Bob Dylan, Rough and Rowdy Ways, foi tirada há mais de 50 anos por um homem que, reconhecidamente, não é tão familiarizado com o músico.

+++LEIA MAIS: Bob Dylan: nova música ‘False Prophet’ mostra mais sobre disco de inéditas; ouça

"Como a maioria dos fotógrafos, sou um cara visual", disse Ian Berry, de 86 anos, em entrevista à Rolling Stone EUA por telefone. "Passei bastante tempo com pessoas como Miriam Makeba, mas a maioria dos perfis que fiz sobre músicos foram mais clássicos, pessoas como [David] Ashkenazi".

Ainda assim, quando recebeu um e-mail pedindo permissão para usar a imagem, o fotógrafo ficou lisonjeado. "Fiquei encantado", disse ele. "Uma capa de disco para Dylan é um ótimo elogio".

+++ LEIA MAIS: Os Beatles fizeram um cover de Bob Dylan durante as gravações de 'Let It Be'; ouça

A foto de 1964 mostra um casal bem vestido dançando em um clube enquanto um homem se inclina para examinar uma jukebox atrás deles. Nenhum dos rostos é visível, mas a imagem estala com intrigas e romance.

Berry tirou a foto em um clube subterrâneo há muito extinto em Cable Street, na cidade de Whitechapel, leste de Londres. A imagem foi feita quando ele estava a trabalho para o Observer, fotografando imagens para um artigo sobre cultura negra na Inglaterra. 

+++LEIA MAIS: Manuscrito de Bob Dylan para ‘The Times They Are A-Changin’ está a venda por 2,2 milhões de dólares

"Estava trabalhando rapidamente e com pouca luz, fotografando com uma câmera de 35 milímetros. Sabia que em algum momento teria que sair porque não havia pedido permissão para estar lá", disse o fotógrafo.

Berry não se lembra de que tipo de música o casal estava dançando quando capturou o momento, mas recorda de ter sido atraído pela mulher. "Sempre gostei de mulheres. Me casei três vezes. A senhora tinha uma boa figura. Gostei da justaposição com a jukebox”.

+++ LEIA MAIS: Por que Bob Dylan sentiu que os Beatles o copiaram em ‘Norwegian Wood’?

Após cerca de 15 ou 20 minutos tirando fotos, os clientes do clube estavam fartos do estranho que empunhava a câmera, e expulsaram Berry: "Havia caixas de garrafas de cerveja perto da entrada e as pessoas começaram a jogá-las em mim, então saí. É algo que acontece muito com fotógrafos em diferentes partes do mundo, mas acho que é a única vez que aconteceu comigo na Inglaterra".

Atualmente, o arquivo do fotógrafo é controlado pela agência Magnum Photos. Eles fizeram um acordo com Dylan para a foto de Bruce Davidson, tirada 1959, de um jovem casal se beijando em um carro - capa do disco Together Through Life (2009).

+++ LEIA MAIS: Bob Dylan chega ao topo das paradas pela primeira vez na carreira com música de 17 minutos

Para Rough and Rowdy Ways, a Magnum também fez o acordo, embora tenha procurado Berry antes de finalizar qualquer coisa. "Era originalmente uma imagem em preto e branco, obviamente, e eles queriam verificar se estava tudo bem para mim colocar uma tonalidade colorida. Não me importei”, disse o fotógrafo.

Embora Berry não esteja familiarizado com a música de Dylan, a esposa dele é uma grande fã. "Ela está mais entusiasmada do que eu [sobre a capa], mas é claro que escuto regularmente 'It Ain't Me Babe' e assim por diante, mas são os discos dela, não os meus. Gosto do tipo de cantor o qual posso realmente ouvir as palavras, pessoas como Joan Armatrading ou Joan Baez”.


+++ O TERNO | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL