Como viver o Coringa drenou Heath Ledger ‘física e mentalmente’

A morte do ator em decorrência de uma overdose acidental projetou uma sombra eterna no filme Batman: O Cavaleiro das Trevas, de Christopher Nolan

Redação Publicado em 15/04/2020, às 10h26

None
Heath Ledger em Batman: O Cavaleiro das Trevas (Foto: Reprodução)

A morte de Heath Ledger em decorrência de uma overdose acidental projetou uma sombra eterna no filme Batman: O Cavaleiro das Trevas (2008), de Christopher Nolan, no qual ele deu vida ao icônico Coringa ao lado do Batman de Christian Bale

+++ LEIA MAIS:  Diretor de fotografia de Coringa teve medo que Joaquin Phoenix fosse ‘longe demais’: ‘Por causa de Heath Ledger’

Na época, os rumores diziam que interpretar o vilão havia afetado o psicológico de Ledger, e isso foi retratado no documentário recente sobre o ator, que envolveu diversos membros de sua família.

 “Ele estava se divertindo. Ele não estava deprimido com o Coringa”, disse sua irmã. No entanto, os desabafos dele ao interpretar o personagem foram bem documentados.

Durante uma entrevista ao New York Times, Ledger disse que “ser o Coringa era física e mentalmente desgastante”, o que afetou seu sono já perturbado anteriormente. Havia dias, por exemplo, em que ele administrava apenas duas horas de sono. 

Além disso, como muitos sabem, Ledger se trancou num quarto de hotel e manteve um diário enquanto se preparava para o papel. Em 2007, ele disse ao Empire: “Eu li todas as histórias em quadrinhos que pude e que fossem relevantes para o roteiro. Então, eu fechava os olhos e meditava sobre elas.”

+++LEIA MAIS: Continuação de ‘Batman’ antes da morte de Heath Ledger teria volta de Coringa e DiCaprio como o Charada; conheça

“Fiquei sentado num quarto de hotel em Londres por cerca de um mês, me tranquei, criei um pequeno diário e experimentei vozes diferentes - era importante encontrar uma voz e risada um tanto icônicas. Acabei aterrisando no reino de um psicopata - alguém com pouca ou nenhuma consciência de seus atos. Ele é apenas um sociopata absoluto, um palhaço de sangue frio e assassino em massa”, continuou o ator.

Nolan, certa vez, disse publicamente que Ledger chegou a estudar manequins de ventríloquo para entrar no papel, pois eles o aterrorizavam.

Enquanto isso, um documentário com o pai de Ledger, Kim, lançou alguma luz sobrbe as anotações que o ator fez em seu diário, com imagens de hienas, fotos de Alex DeLarge, protagonista do filme Laranja Mecânica (1971), e diálogos manuscritos. 

+++ LEIA MAIS:  Arte mostra como o Coringa de Heath Ledger quase entrou em Mortal Kombat 11 - e seria incrível

A página final do diário, inclusive, continha a palavra “adeus” escrita em letras grandes. "Foi difícil de ler isso", disse KimLedger no documentário. “Ele galvanizou o próximo personagem. Isso era típico de Heath. Ele faria isso. Ele gostava de mergulhar em seus personagens, mas desta vez ele realmente foi longe demais”, acrescentou o pai de Ledger.


O Cavaleiro das Trevas arrecadou mais de US $ 1 bilhão nas bilheterias, e Ledger ganhou um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante postumamente. Desde então, o papel foi interpretado no filme pelos vencedores do Oscar Jared Leto e Joaquin Phoenix.

 

 


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA