Conheça Benee, a cantora neozelandesa de 20 anos que viralizou no TikTok com o hit 'Supalonely'

Em uma entrevista à Rolling Stone Brasil, a artista falou sobre a carreira em ascensão e os dados surpreendentes da música após viralizar na rede social

Isabela Guiduci Publicado em 12/05/2020, às 07h00

None
Benee (Foto; Divulgação)

Uma tendência no TikTok são os desafios - e artistas têm apostados neles ao divulgar singles, como Lil Nas X com o famoso "Old Town Road". Com os vídeos de 3 a 15 segundos, o aplicativo impactou diretamente o consumo da música pop entre os jovens e adolescentes. A cantora neozelandesa Benee investiu na ideia com a canção "Supalonely", em parceria com Gus Dapperton

+++LEIA MAIS: 7 músicas que viralizaram no TikTok - e conquistaram o topo das paradas

Entre os jovens de 16 a 24 anos, o TikTok, que permite o compartilhamento de vídeos curtos, virou uma das redes sociais indispensáveis. De acordo com os dados do próprio aplicativo, 41% dos perfis ativos são dessa faixa-etária. Nele, Benee lançou um desafio com "Supalonely" e a música tornou-se um sucesso. O reconhecimento da cantora ultrapassou as barreiras da Nova Zelândia e conquistou público ao redor do mundo. 

Em casa, em Auckland, na Nova Zelândia e prezando pelo isolamento social por conta do coronavírus, em uma entrevista à Rolling Stone Brasil, Stella Rose Bennett, conhecida pelo nome artístico Benee, falou sobre a carreira em ascensão e como “é um sonho, mas não imaginava, muito menos esperava” a recepção do público para "Supalonely". 

+++LEIA MAIS: Hit de Lil Nas X, Old Town Road é a primeira música de 2019 a ganhar o certificado de diamante

Com apenas 20 anos, a cantora ultrapassou os 45 milhões de visualizações no YouTube no videoclipe de "Supalonely", lançado no início de fevereiro. O número de views deu um salto após a música viralizar no TikTok e cresce rapidamente desde então. Assista ao videoclipe ao final do texto.

Na última semana, do dia 1 de maio até o dia 7, "Supalonely" ocupou o 15º lugar entre as mais ouvidas mundialmente no Spotify com mais de 18 milhões de streams e segundo o serviço de streaming aponta, esse número segue crescendo. 

+++LEIA MAIS: Novo desafio do TikTok é tocar hit do Nirvana - mas só com panelas

Ainda, bateu a marca de 23 milhões de ouvintes mensais no Spotify e atualmente, ocupa a 82ª posição entre os artistas mais ouvidos de todo o serviço de streaming - na data da publicação desta matéria, nesta terça, 12. 

No mesmo período, os dados Globais da Deezer mostram que a música foi a 29º mais ouvida na plataforma digital e na Apple Music, o single também esteve - e permanece - entre as 100 mais ouvidas no mundo. 

+++LEIA MAIS: Anthony Hopkins entra no TikTok e participa de desafio com música do Drake; assista

Não foi o primeiro single, contudo, que a artista lançou no TikTok. “Glitter” foi disponibilizado no aplicativo em dezembro e já ultrapassa os 6,3 milhões de visualizações no YouTube. No Spotify, fica atrás de “Supalonely” entre as músicas mais ouvidas da cantora, com 64 milhões de streams. Com uma carreira de apenas 3 anos, soma números incríveis nas plataformas digitais e o resultado positivo é graças ao sucesso que fez na rede social. 

"Não esperava essa reação do público. Você sempre quer uma reação positiva, é claro, mas é muito maluco ver todo mundo gostando da sua música. É uma sensação muito boa", disse. "A ideia de publicar o desafio no TikTokfoi para divulgar e conversar com os jovens através da música", completou. 

++++ LEIA MAIS: O que as pessoas estão ouvindo de música durante a quarentena?

As redes sociais são uma aposta para a cantora - ainda mais após os resultados impressionantes com "Supalonely". "É uma chance de me aproximar dos meus fãs e manter contato com eles. Não só no TikTok, mas no Instagram e nas outras redes sociais. Tento ser ativa em todas", contou. 

Sobre a carreira, a cantora contou que em 2017 - ainda no Ensino Médio - passou a compartilhar covers no Soundcloud. Com as versões disponíveis na plataforma, o produtor e integrante da banda Leisure, Josh Fountain, conheceu a artista, ficou encantado pelo talento e entrou em contato para agenciá-la. 

+++LEIA MAIS: Qual serviço de streaming musical paga melhor os artistas?

Interessado em lançá-la no mercado musical, começaram a trabalhar juntos. Antes mesmo de iniciar o ano letivo em um curso de comunicação, Benee abandonou a faculdade para investir todo o tempo na carreira musical. Junto de Fountain, lançaram o single de estreia, "Tough Guy", de 2017. 

"Começo a escrever as canções, levo todas as ideias possíveis para o meu produtor Josh Foutain e ele me ajuda a colocar em prática. Ele apoia minhas ideias desde o início da carreira", contou Benee

+++LEIA MAIS: Calm, do 5SOS, tem a missão de trazer guitarras de volta ao pop - e construir a identidade geracional da banda [REVIEW]

Com flertes com indie, pop e alternativo, a cantora explora sons modernos e vanguardistas. Na carreira musical, já tem dois EPS, o primeiro Fire on Marzz  tem seis músicas, incluindo “Glitter”, e foi lançado em junho de 2019, e em novembro do mesmo ano, compartilhou o segundo, chamado STELLA & STEVE, com cinco canções - sendo “Supalonely” uma delas. 

Com a carreira em ascensão e o tempo livre em casa por conta da quarentenapara contenção do coronavírus, Benee está aproveitando para trabalhar em novas músicas. Sobre um possível disco, a cantora afirmou que "está trabalhando em músicas especialmente para isso, mas ainda não pode dar detalhes sobre esses planos". 

+++ LEIA MAIS: E se ‘bad guy’ da Billie Eilish fosse do Arctic Monkeys? Músico reimagina hit no estilo Alex Turner

Ao se imaginar em dez anos, a artista revelou que existem dois pilares importantes para o futuro dela. São eles: "continuar trabalhando na minha música e, claro, tendo bons momentos e histórias para contar". E, quem sabe não viralizar com mais desafios no TikTok, não é?

Assista "Supalonely":


+++ O TERNO | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL