Conheça Harry Potter, o homem que teve a vida transformada pelos livros de J.K. Rowling

Homem nasceu três anos antes do lançamento do primeiro livro

Redação Publicado em 20/04/2020, às 12h46

None
Harry Potter (Foto: Reprodução/Warner Bros.) e Harry Potter (Foto: Reprodução/Instagram)

Você não leu errado. Existe um homem, britânico, que se chama Harry Potter e nasceu alguns anos antes do lançamento do livro da saga, Harry Potter e a Pedra Filosofal. A história criada por J.K. Rowling mudou a vida do rapaz, mas trouxe algumas adversidades, mesmo pela coincidência ser engraçada.

Uma edição recente do jornal britânico Metro publicou uma entrevista com Harry Potter e ele conta te rnascido em maio de 1994. "Exatamente um mês após meu aniversário de 3 anos, J.K. Rowling publicou o primeiro dos sete livros de uma franquia que se tornaria uma sensação global. Ela, sem dúvida, mudou minha vida", disse.

+++LEIA MAIS: 6 filmes geniais que quebram regras básicas do cinema [LISTA]

Pottertambém falou que por conta do nome, desde a infância, ele sempre chamou muita atenção, seja dos colegas, mídia, professores, entre outros. Agora, estudante da Universidade de Manchester, ele diz sempre se preocupar com o nome no crachá, porque ele sempre atende conferências. 

"É sempre uma expectativa sobre quão grande e visível será a fonte [da letra] no meu crachá. Muitas vezes vejo pessoas dando uma segunda olhada ou esticando o pescoço para ver se é isso mesmo que está escrito", desabafou Harry.

+++LEIA MAIS: Teoria bizarra diz que Rick e Morty são o mesmo personagem; entenda

Os problemas aumentam, no aniversário de 23 anos dele, alguns amigos deram uma camisa para Harry Potter que dizia: "Sim, este é meu nome. Não, eu nasci antes dos livros". No entanto, mesmo com a tentativa de contornar os inconvenientes, o presente não foi suficiente para as olhadas e piadas.

Os momentos desconfortáveis vão até para a internet: "Recentemente, fui bloqueado no Facebook porque meu nome 'violava a política de representação de figuras famosas' e não era permitido o acesso até que eu enviasse cópias da minha identificação". Em outra situação, em um e-mail corporativo, Harry Potter foi confundido com um vírus e precisou de um outro colega de trabalho para provar que o e-mail vinha de alguém da empresa.

+++LEIA MAIS: 4 coisas que não fazem sentido nos poderes do The Flash

Por fim, Potter comentou sobre não achar ruim ele ter o mesmo nome que personagem e não mudaria como se chama. "Se você for nomeado com o nome de um personagem famoso, é melhor escolher o personagem principal. Eu nunca mudaria isso, embora, se ela [J.K. Rowling] quisesse entrar em contato, adoraria conversar com sobre como sua criação influencia minha vida cotidiana".


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA