Conheça os 5 indicados ao Globo de Ouro 2021 em Melhores Filmes de Língua Estrangeira [LISTA]

Produções de países ao redor do mundo chamaram a atenção da premiação. Veja quais estão concorrendo!

Marina Sakai | @marinasakai_ sob supervisão de Yolanda Reis Publicado em 06/02/2021, às 18h00

None
Minari (Foto: Reprodução/A24)

A Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA) divulgou a lista de indicados ao Globo de Ouro na quarta, 3. Na categoria Melhor Filme em Língua Estrangeira, entraram produções da Dinamarca, Guatemala, França, Itália e — surpreendentemente — Estados Unidos.

Não é a primeira ocorrência de um caso como este. De acordo com as regras do Globo de Ouro, 50% dos diálogos devem ser em inglês para ser considerado um filme norte-americano, e esse não é o caso com Minari. A maior parte das cenas contém falas em coreano e, por isso, o longa foi considerado estrangeiro, gerando polêmicas. Confira a lista de indicados:

+++LEIA MAIS: 4 motivos para maratonar Normal People, minissérie indicada ao Globo de Ouro 2021 [LISTA]

1 - Another Round ou Druck (2020)

Quatro professores de Ensino Médio, infelizes com suas vidas monótonas, passam a manter um nível constante de álcool em seus corpos para testar uma hipótese. A sequência de eventos desencadeada após o acordo é a trama do filme dinamarquês dirigido por Thomas Vinterberg.

Mads Mikkelsen, da série Dark, interpreta Martin, um dos professores. A história vai muito além de piadas e embriaguez. Mikkelsene seus companheiros são usados para exemplificar os efeitos da idade e do medo da obsolescência ao se depararem com a crise dos 40 anos.

+++LEIA MAIS: Globo de Ouro 2021 faz história ao indicar três mulheres para Melhor Direção

 

2 - La Llorona (2019)

Dirigido por Jayro Bustamante,La Llorona fez história ao se tornar o primeiro filme da América Central a ser indicado a um Globo de Ouro. Essencialmente, a produção é categorizada como suspense, terror e realismo mágico, e serve de metáfora para uma Guatemala assolada por uma Guerra Civil e pelo genocídio das populações indígenas e marginalizadas.

O filme começa com o assassinato de Alma(María Mercedes Coroy) e seus filhos em meio ao conflito armado. Décadas depois, acompanhamos o julgamento do general Enrique (Julio Diaz) pelo massacre da família nativa. Enrique é absolvido, e, então, o espírito de La Llorona passa a assombrá-lo. 

+++LEIA MAIS: Sacha Baron Cohen, de Borat, bate recorde de indicações no Globo de Ouro

 

3 - The Life Ahead ou La vita davanti a sé (2020)

Sophia Loren (Madame Rosa), uma das grandes lendas do cinema, protagoniza este drama e interpreta uma sobrevivente do Holocausto, também dona de uma creche. A personagem de Loren forma uma amizade com o órfão Momo (Ibrahima Gueye), depois de uma tentativa de roubo por parte do menino.

Dirigido por Edoardo Ponti — filho da protagonista —, o filme italiano é baseado no romance de Romain Gary,“A vida pela frente” e, uma semana após o lançamento, entrou para o top 10 filmes da Netflixem 37 países.

+++LEIA MAIS: The Boys, Bridgerton e mais: Os maiores esnobados do Globo de Ouro 2021 [LISTA]

 

4. Minari (2020)

Minariconta a história de uma família coreano-estadunidense nos anos 1980. Jacob (Steven Yeun) se muda com sua família para a zona rural do Arkansas, EUA, arriscando seu casamento e sua estabilidade financeira e familiar. 

O fato do filme ter sido enquadrado na categoria de língua estrangeira gerou polêmicas. É uma produção norte-americana, dirigida por um coreano-estadunidense, filmada nos EUA sobre uma família que almeja o “sonho americano”. De acordo com as regras do Globo de Ouro, 50% dos diálogos devem ser em inglês para ser considerado um filme norte-americano, e esse não é o caso com Minari. 

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Segundo o portal Terra: “Grande parte de Minari é falado em coreano, mas há muitos diálogos em inglês numa história completamente americana. Outros filmes com menos diálogos em inglês já foram considerados americanos anteriormente pelo Globo de Ouro, o que levou alguns comentários a sugerir racismo da parte dos organizadores do evento.”

 

5 - Two of Us ou Nós Duas (2019)

Nina (Barbara Sukowa) e Madeleine (Martine Chevallier) são vizinhas, aposentadas e escondem um romance há décadas. Aos olhos das famílias, são apenas grandes amigas. Tudo muda quando um evento leva a filha de Madeleine a descobrir a verdade. 

+++LEIA MAIS: Globo de Ouro 2021: Veja os indicados às categorias

Apesar de ter sido dirigido pelo italiano Filippo Meneghetti, o longa se passa na França, teve sua estreia no Festival Internacional de Filmes de Toronto (TIFF) e propõe mostrar não só a resistência do amor em frente a obstáculos, mas a capacidade de se tornar mais forte a cada dificuldade.

+++ PAI EM DOBRO | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL