Conheça trajetória de Jordan Peele - da comédia ao terror de Corra!

O diretor de Corra! e Nós completa 42 anos neste domingo, 21

Marina Sakai | @marinasakai_ (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 21/02/2021, às 11h00

None
Jordan Peele no Producers Guild Awards, na Califórnia (Foto: Chris Pizzello/Invision/AP)

Responsável por Corra! (2017) e Nós (2019), Jordan Peele é um dos mais aclamados diretores da atualidade, especialmente quando se trata de terror. Mas sabia que antes de se tornar um vencedor de Oscar e roteirizar e dirigir filmes assustadores, Peele era comediante? Para comemorar os 42 anos do diretor, construímos uma breve trajetória de sua carreira:


Primeiros passos

Jordan Peele nasceu em Nova York em 1979 e, aos 12 anos, entrou no mundo do cinema. Iniciou os estudos de artes liberais na Sarah Lawrence College, onde conheceu Rebecca Drysdale, colega de quarto e futura roteirista do programa Key & Peele.

+++LEIA MAIS: Jordan Peele não pretende fazer um filme com protagonista branco

Sua estreia na TV foi com MADtv, programa humorístico de esquetes. Depois, Peele produziu e estrelou em Key & Peele (2012-2015), ao lado de Keegan-Michael Key. A série alavancou sua carreira e venceu um Peabody Award e dois Emmy Awards

Mas, como um comediante se tornou um dos mais maiores diretores de terror dos dias de hoje? De acordo com Peele, a vontade existia desde a infância, mas, com ela, vinha também o medo do fracasso. Para ele, ambos terror e comédia tinham o poder de provocar reações surpreendentes no público e, por conta da insegurança, optou pelo caminho “mais fácil”: o das risadas.

+++LEIA MAIS: Trailer do Candyman de Jordan Peele mostra possível (e assustadora) conexão com filme original


Se consolidando no terror

Aos 12 anos, Peele embarcou em uma viagem de escola para acampar na floresta. Lá, contou uma história aos amigos e, ao terminar, sentiu todos estremecerem de terror e percebeu sua capacidade de narrar um bom conto de horror. 

Quando venceu o medo e se aventurou na direção, começou com um estouro: Corra! (2017), também roteirizado por Peele, chegou aos cinemas e se estabeleceu como destaque aos olhos da crítica especializada e do público.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

O drama protagonizado por Daniel Kaluuya impacta ao mostrar, em uma história fantasiosa, a realidade do racismo velado e estrutural. Corra! fez história ao ser indicado a quatro prêmios do Oscar, e levou a estatueta de Melhor Roteiro Original. Foi a primeira vitória de um cineasta negro na categoria.

Em 2019, o diretor retornou com um novo longa. Nós contou com Lupita Nyong’o e Winston Duke no elenco e teve uma das maiores estreias de filmes de terror da história. Apesar de ter faturado US$ 70 milhões no primeiro fim de semana, Nósfoi deixado de lado no Oscar.

+++LEIA MAIS: Por que Jordan Peele optou por não dirigir reboot do terror Candyman?

Peele é filho de uma mulher branca e um homem negro. Quando questionado sobre raça, nunca sabia como responder. Foi assim o começo das reflexões sobre não se encaixar, não se sentir compreendido. Começou a explorar histórias sobre questões raciais nos Estados Unidos e no mundo como um todo, espelhando os problemas da sociedade nos exageros dos filmes de terror.


Além da direção

Peele também tem um lado produtor. Em 2020, participou da produção da série Hunters, do Amazon Prime Video. O elenco era composto por Al Pacino, Logan Lerman e Josh Radnor, intérpretes de integrantes de um grupo de caçadores de nazistas em 1977.

+++LEIA MAIS: Novo filme do diretor de Corra!, Nós é o filme de terror com a melhor estreia da história

O cineasta também se dedicou a produzir e apresentar o reboot de Além da Imaginação (Twilight Zone) em 2019. Por último, foi produtor e roteirista de Weird City (2019), série do Youtube da qual fizeram parte Dylan O'Brien, Michael Cera, Rosario Dawson e Ed O'Neill.


Novos projetos

A filmografia de Jordan Peele não é extensa, mas podemos esperar projetos intrigantes para o futuro. Em 2019, começou a produzir o filme A Lenda de Candyman, dirigido por Nia DaCosta e baseado no filme homônimo de 1992 e no conto The Forbidden, de Clive Barker. A estreia do longa está prevista para 27 de agosto de 2021.

+++LEIA MAIS: Jordan Peele revela ter sido "o maior maconheiro do mundo" em entrevista à Rolling Stone EUA

Como diretor, Peele se dedica agora a um novo trabalho protagonizado por Daniel Kaluuya e Keke Palmer, sem título divulgado. Como todos os filmes anteriores, os detalhes do enredo são completamente secretos e o longa tem previsão de lançamento para 22 de julho de 2022.


+++ HUNGRIA HIP HOP: 'SOU APEGADO EM SORRISOS QUE A MÚSICA PODE LEVAR' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL