Converse Rubber Tracks abre estúdio musical no Brasil em março

Artistas selecionados poderão gravar discos sem custo no Family MOB Studios, em São Paulo

Redação Publicado em 23/02/2015, às 19h29 - Atualizado em 24/02/2015, às 17h41

Estúdio Converse Rubber Tracks em São Paulo
Divulgação

A cidade de São Paulo será a segunda no mundo a abrigar um estúdio fixo da Converse Rubber Tracks. A partir do dia 16 de março, além do Brooklyn, em Nova York, o bairro da Lapa, na capital paulista, terá uma plataforma de gravação profissional disponível para músicos de todos os gêneros, que podem se inscrever e, se selecionados, terão a oportunidade de registrar as canções sem custo.

Galeria: as 100 primeiras edições publicadas pela Rolling Stone Brasil.

O estúdio Converse Rubber Tracks do Brasil toma espaço no Family MOB Studios, cujos proprietários são Jean Dolabella (ex-baterista do Sepultura) e Estevam Romera. Ambos trabalharão na iniciativa da marca.

Os equipamentos funcionarão cinco dias da semana e estarão disponíveis para uma banda selecionada por dia – os artistas podem se inscrever neste endereço. A gravação acontece sem custo aos músicos, que ficam com os direitos autorais das crianções deles.

O Converse Rubber Tracks aconteceu de forma itinerante no Brasil, em 2014, passando por São Paulo, pelo Rio de Janeiro, por Belo Horizonte e pelo Recife. O projeto também trouxe ao país um festival gratuito, com shows de Dinosaur Jr., Busta Rhymes, Brand New, Minus the Bear e Chromeo, entre outros.