Copacabana Club põe o SWU pra dançar

A vocalista Caca V pulou junto com o público do Palco New Stage nesta sábado, 12

Bruno Raphael Publicado em 12/11/2011, às 16h49 - Atualizado às 21h48

Caca V, vocalista do Copacabana Club

Ver Galeria
(3 imagens)

Em um dia que o hip-hop predomina no line-up do SWU, o Copacabana Club despontou como uma opção alternativa às rimas e samples que marcam o gênero. LideradA pela vocalista Caca V, a banda curitibana não se intimidou com o público que já começava a lotar o Palco New Stage na tarde deste sábado, 12, e mandou ver nas linhas de baixo e no carisma de sua cantora, que não parou de pular e dançar um segundo sequer.

No entanto, é válido ressaltar - três problemas atrapalharam a apresentação: a tenda eletrônica, com um som muito alto, se misturou muitas vezes ao som do Palco New Stage; o sol escaldante que pairava sobre o público fez muitos se aproximarem da banda apenas para ficar à sombra da estrutura montada no Parque Brasil 500, gerando um amontoamento desnecessário; a baterista Claudinha Bukowski e o guitarrista Rafael Martins, por diversas vezes, reclamaram com o engenheiro de som a respeito do volume do New Stage. "Se a gente conseguisse uma água aqui seria incrível", reclamou a baterista.

Mesmo com os percalços, a banda distribuiu suas músicas para o público que bateu palmas e cantou junto. "Tropical Splash" foi dedicada ao calor da cidade de Paulínia, com a banda estreando em seguida a canção inédita "Feel It", recebida com entusiasmo. Por vezes, a banda brincou com o calor e o som alto da tenda eletrônica, arrancando risos da plateia.

"Pas Toujours" e "Just Do It", a canção mais famosa da banda, acabaram ficando para o final e levaram praticamente todo o público do New Stage a dançar junto. Mesmo diante de todas as adversidades, o Copacabana Club saiu do palco muito aplaudido.