Corey Taylor interrompe show do Slipknot para salvar fã machucado

Pessoas começaram a desmaiar durante o mosh, e fãs em volta não deixaram os bombeiros prestarem socorro

Redação Publicado em 29/07/2019, às 15h54

None
Corey Taylor, vocalista do Slipknot (Foto:CTK/AP Images)

Corey Taylor, frontman do Slipknot, interrompeu um show da banda em San Bernardino, Califórnia, ao perceber um fã com problemas na plateia. “Ninguém vai se machucar enquanto eu estiver vendo, p****, vocês entenderam?”, gritou ao microfone, enquanto pedia para as pessoas abrirem espaço. 

O show aconteceu durante o Knotfest, festival especial do Slipknot, neste sábado, 27. Além da banda dona do evento, também tocaram Volbeat, Gojira e Behemoth, o que deixou a multidão bem animada - o que levou a um exagero no mosh pit. 

+++ LEIA MAIS: Slipknot alcançou o limite de criatividade e experimentação em novo disco, diz Corey Taylor

Os fãs que estavam no show comentaram sobre o evento no Reddit e relataram os eventos, além de compartilharem alguns vídeos. “[As pessoas] começaram a ser pisoteadas e se machucar”, escreveu uma pessoa na rede social, e completou que Taylor ficou “bravo porque as pessoas não paravam de se mexer para os bombeiros entrarem. Tinham algumas pessoas mais novas e mulheres no chão (machucados e inconscientes) e as pessoas ficavam correndo em cima deles! Se o Corey não tivesse interrompido, teria sido pior.”

“Durante a primeira música deram um grande empurrão e um cara caiu de cara na minha frente, desmaiado. Toda vez que eu tentava empurrar de volta o máximo que eu conseguia para abrir espaço, na hora entrava mais um monte de gente e ficava em cima dele. Eu achei que ele fosse morrer”, escreveu outro fã. “Por tipo um minuto ele desmaiava, acordava e desmaiava de novo, e o tempo inteiro meio tonto e dizendo ‘me ajuda, por favor.”

+++ LEIA MAIS: Vazado, novo disco do Slipknot é descrito como "intenso" e "perturbador" 

A confusão aconteceu durante o show do Slipknot, mas não foi a única da noite. Durante o show do Volbeat, as pessoas colocaram fogo em camisetas e as sacudiram em cima da cabeça, levando os bombeiros ao meio do mosh com extintores de incêndio para evitar que as chamas se espalhassem.  

Assista ao momento: 

+++ ENTREVISTA RS: Rubel fala de carreira acidental, conta como criou "Partilhar" e que quer ser popular