Pulse

Corey Taylor sobre o Kiss: "sempre usaram a mesma maquiagem e nunca evoluíram"

O vocalista do Slipknot enfatizou que a banda sempre inovou em seus visuais

Redação Publicado em 11/08/2019, às 18h00

None
Corey Taylor (Foto:Amy Harris/Invision/AP)

A verdade é que Slipknot não seria o Slipknot se os integrantes não fossem do jeito que são. Felizmente, Corey Taylor descarta qualquer possibilidade da banda se livrar das máscaras.

"É parte da nossa arte", disse o vocalista ao Overdrive da Irlanda. "Também é parte da razão pela qual nós mudamos as máscaras a cada álbum. Ao contrário do Kiss, eles sempre usaram a mesma maquiagem e nunca evoluíram. Para nós, mudamos a cada álbum e não apenas as máscaras, mas também as roupas". 

+++ LEIA MAIS: Slipknot depois de 20 anos: como a vida de Corey Taylor mudou desde o início da banda?

Antes do lançamento do disco, We Are Not Your Kind, que chegou na última sexta, 9, nas plataformas digitais, o grupo revelou no vídeo do primeiro single lançado "Unsainted" as novas máscaras.

+++ LEIA MAIS: Slipknot sobreviveria sem Corey Taylor? O vocalista responde

Os macacões que eram marcados pela cor preta, agora são brancos e tem uma costura recém-adicionada por Taylor.

"Você pode relacionar os álbuns com o nosso uniforme. E acho que isso ajudou a manter o Slipknot relevante, manteve os shows ao vivo diferentes e nos impediu de estagnar", continua Taylor.

+++ LEIA MAIS: Slipknot revela que 23 músicas ficaram fora do novo disco

"Então, não, eu nunca poderia nos ver sem as máscaras. Se nós tivéssemos a ideia de fazer o Slipknot desmascarado, eu pensaria, 'bem... acho que não'".

"Estamos todos com quarenta e poucos anos e ainda temos uma relação de amor / ódio com o que fazemos, mas toda vez que entramos no palco, estamos absolutamente preparados para dar tudo o que temos."

"Então, para mim, quando esse sentimento parar, quando começarmos a tentar cortar custos e tentarmos facilitar as coisas, só para que possamos "dar continuidade a isso", é quando será a hora de encerrar."

+++ LISTA: 13 segredos de 'Ladrão', o terceiro disco do Djonga e um dos melhores de 2019