Corey Taylor tem um recado nada agradável para as bandas atuais de rock: 'Nada se destaca'

Em entrevista ao podcast do apresentador Eddie Trunk, o vocalista do Slipknot e do Stone Sour também falou sobre os possíveis segundo e terceiro discos solo

Redação Publicado em 25/06/2020, às 18h22

None
Corey Taylor, vocalista do Slipknot (Foto: CTK via AP Images)

Não deve demorar muito até que Corey Taylor lance o primeiro disco solo da carreira. Mas apesar do projeto, finalizado recentemente durante esse período de quarentena, não ter ainda nascido de fato, o músico já tem planos para um segundo, e até terceiro álbuns, além de ter um recado para o atual cenário do rock.

Como noticiado pelo site Loud Wire, o líder do Slipknot e do Stone Sour participou do podcast comandado por Eddie Trunk, e criticou o atual estado desse gênero musical do qual faz parte.

+++LEIA MAIS: Corey Taylor dá detalhes do disco solo: 'Refrões épicos e rock divertido'

"Tem muita música morta por aí disfarçada de rock, e sim, ainda existe uma ótima e prolífera cena do rock, que muita gente não ouve por causa das bandas que dominam atualmente", disse.

E acrescentou: "Não dá para diferenciar as bandas, [...] porque todas soam igual, todas são produzidas do mesmo jeito, mixadas do mesmo jeito, nada se destsaca".

Taylor falou também sobre os projetos futuros que, apesar de estarem relativamente distantes, já despontam no horizonte.

+++LEIA MAIS: Corey Taylor, do Slipknot, vai lançar livro com as frases mais absurdas do Clown

"Eu estou sempre pensando em músicas, estou sempre criando coisas na minha cabeça", contou. E garantiu que apenas um disco solo não será o suficiente para compilar o tanto de material que tem em mente.

"Tenho muita coisa que talvez eu lance nos álbuns dois e três", afirmou, antes de acrescentar esperançosamente: "Tenho uma tonelada de coisas e espero que elas vejam a luz do dia".


+++ A PLAYLIST DO SCALENE