Coringa: Cena de Arthur Fleck na geladeira foi improvisada, revela diretor de fotografia

Lawrence Sher falou sobre as gravações não roteirizadas de Joaquin Phoenix e como elas funcionaram bem

Redação Publicado em 24/10/2019, às 17h09

None
Joaquin Phoenix como Coringa (Foto: Reprodução)

Mais uma cena de improviso de Joaquin Phoenix em Coringa foi revelada, desta vez, pelo diretor de fotografia do filme Lawrence Sher durante uma entrevista ao Film.

A cena improvisada é a da geladeira quando mostra Arthur Fleck lidando com os sentimentos obscuros do vilão e limpando-a para entrar dentro dela. O personagem se encaixa na geladeira e fecha a porta atrás dele, enquanto o diretor Todd Phillips segura a cena por mais alguns segundos para mostrar que ele permanecerá no espaço apertado por um tempo.

+++LEIA MAIS: Coringa: Joaquin Phoenix acredita que Todd Phillips excluiu uma das melhores cenas do filme

"Enquanto algumas cenas foram muito planejadas, como a cena da cabine telefônica ou a que Arthur sobe as escadas, outras não tinham nenhum plano. Quando ele subiu na geladeira, não tínhamos ideia de que ele faria isso. Montamos duas posições de câmera e Joaquin pensou no que faria se fosse um insone maciço. Mais uma vez, acendemos para que ele pudesse ir a qualquer lugar e a primeira e única vez que ele fez isso, ficamos hipnotizados. Lembro-me de pensar: ‘O que ele está fazendo? Ele acabou de rastejar na geladeira? 'Foi tão divertido e estranho para assistir também’", revelou Sher.

Outra cena bem emblemática e a primeira que foi improvisada é a dança do banheiro de Arthur Fleck. O momento em que o vilão acidentalmente dispara uma arma no apartamento da mãe também não era planejada.

+++LEIA MAIS: Analista explica sucesso financeiro do Coringa de Joaquin Phoenix: 'Alienação, solidão e raiva'

"Joaquin criou toda essa dança e, após o sucesso dessa cena, começamos a criar mais momentos de improviso como esse. Como quando ele está brincando com a arma e a dispara contra a parede. Tudo o que sabíamos era que ele dispararia a arma contra a parede em algum momento, mas nunca planejamos quando ou sabíamos que ele iria ficar e ter essa conversa consigo mesmo e começar a dançar. Nós tínhamos duas câmeras lá e deixamos acontecer, o que se tornou uma parte importante de como fizemos muitas coisas", comentou o diretor de fotografia.

Coringa estreou nos cinemas brasileiros no dia 3 de outubro.