Coringa está prestes a atingir US$ 1 bilhão em bilheterias mundiais

Mesmo sem estrear na China, o filme de Todd Phillips deve conquistar a marca histórica nos cinemas

Redação Publicado em 05/11/2019, às 09h07

None
Coringa. (Foto: Reprodução)

Falta pouco para Coringa conquistar mais um marco histórico. O longa-metragem de Todd Phillips, estrelado por Joaquin Pheonix, chegou a US$ 934 milhões depois do último fim de semana e está prestes a atingir US$ 1 bilhão em bilheterias mundiais.

Após a estreia nos cinemas, a China declarou que não iria lançar o filme nos cinemas do país por receio dos cidadãos se inspirarem no discurso político do vilão de Gotham e agravarem a onda de protestos políticos que acontecem em Hong Kong.

Devido a decisão, Coringa perdeu a chance de ser exibido para o 2º maior público do mundo e foi avaliado com pequenas chances de conquistar o recorde de bilheteria.

+++ Leia Mais: Coringa, Deadpool e mais: as 10 maiores bilheterias de filmes +18 [LISTA]

Mesmo com este obstáculo, Coringa conquistou diversas marcas impressionantes. O longa se tornou o quarto filme mais lucrativo da DC Comics e a oitava maior bilheteria de uma produção solo de um personagem de quadrinhos.

Além disso, ele ultrapassou Deadpoole se tornou o filme para maiores de 18 anos com maior bilheteria de todos os tempos.

A caracterização e performance de Phoenix viralizou pelo mundo, desde vídeos na internet, em que os fãs imitam a dança do personagem, até a transformação da imagem em um símbolo de protesto em diversos países.

Outro fator que influenciou no sucesso do filme foi o lançamento próximo da data de Halloween e a repercussão da fantasia do Príncipe Palhaço do Crime. 

+++ Leia Mais: Coringa, V de Vingança e mais: 5 filmes que inspiraram protestos sociais, religiosos e políticos

E os concorrentes de Coringa também não dificultam o caminho de Arthur Fleck em direção ao recorde histórico. Segundo o site Screen Rant, O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio deve ser o maior competidor do filme, já que também atrai o público mais velho. E apesar de Malévola: Dono do Mal ainda estar no topo das bilheterias mundiais, o filme protagonizado por Angelina Jolie não deve chegar perto do US$ 1 bilhão.