Courtney Love detecta perda de mais de R$ 1 bi na herança de Cobain

A viúva do líder do Nirvana teria sido deixada para trás por contadores, bancos e gerentes encarregados de supervisionar patrimônio do artista, morto em 1994

Da redação Publicado em 08/04/2009, às 16h08

Courtney Love descobriu que os responsáveis por tomar conta do patrimônio deixado por Kurt Cobain a ela e Frances Bean, filha do casal, não fazem ideia de onde foram parar US$ 530 milhões (quase R$ 1,2 bilhão) da quantia.

A edição deste mês da Rolling Stone Brasil tem duas capas com Kurt Cobain. Saiba mais.

De acordo com o jornal The New York Post, um time com investigadores privados, contadores forenses e advogados foi contratado pela cantora e viúva do líder do Nirvana. O mistério vai aos poucos sendo resolvido: a maior parte do dinheiro teria sido aplicada em negócios imobiliários fraudulentos.

A advogada da cantora, Rhonda Holmes, alega que sua cliente não se deu conta do sumiço a tempo. "Courtney percebeu que o dinheiro não existia quando já não sobrava mais nada. Não é segredo que ela lutou contra seu problema com drogas, mas no ano passado tomou atitudes mais sérias quanto à sobriedade. Aí começou a perceber que as coisas andavam erradas."

Para realizar a façanha, os supostos ladrões teriam aberto contas bancárias com números do seguro social forjados de Love, Cobain e Frances Bean. A desconfiança paira em cima de gerentes, contadores públicos e bancos com acesso à herança de Cobain. Para a advogada, o caso deixa no chinelo episódio recente envolvendo o ex-presidente da bolsa de tecnologia Nasdaq, acusado de fraudes que chegam a mais de US$ 60 bilhões. "Nunca vi tanta ganância e torpeza moral. Esse caso vai fazer Bernard Madoff parecer manso."

Até agora, só US$ 30 milhões (R$ 65 milhões) teriam sido rastreados. Os processos civis, garantiu a advogada de Love, começam em até 30 dias.

Além da mulher e da filha, Cobain deixou sua herança para mãe, irmão e duas irmãs.