Pulse

Courtney Love é despejada

Segundo proprietária da casa, Courtney Love incendiou o local, trocou a decoração sem ter permissão e ainda deve dinheiro do aluguel

Matthew Perpetua Publicado em 15/12/2011, às 13h22 - Atualizado às 15h18

Courtney Love
AP

Courtney Love está sendo despejada de seu condomínio no West Village, em Manhattan (Nova York). Segundo a dona da propriedade, a cantora incendiou o local e arruinou a decoração. A vocalista do Hole pagava um aluguel de US$ 27 mil (cerca de R$ 50,2 mil) por mês, há dez meses. Além dos danos causados pelo incêndio, a proprietária alega que ela deve ainda US$ 54 mil (R$ 100 mil) de aluguel.

Discussão com o público, alfinetadas em Dave Grohl e seios à mostra: relembre o show do Hole no SWU

Uma das condições do contrato de Courtney era que ela não poderia alterar o interior da casa, que foi decorada pelo morador antigo, o designer de interiores Steven Gambrel. "Courtney colocou papeis de parede e pintou boa parte da propriedade sem meu consentimento", contou a proprietária Donna Lyon ao jornal New York Post. "Eu descobri isso quando quis vender a casa e tirei fotos. Eles me mandaram elas e eu disse: 'Essa não pode ser minha propriedade'. Vim para Nova York para ver a casa e fiquei horrorizada com o que ela fez. As paredes foram pintadas à mão e os vidros estavam em ruínas, cobertos de papel de parede cor de damasco e azul-gelo."

Uma vela acidentalmente colocou fogo nas cortinas do quarto principal, em junho. "Eu recebi uma ligação do contador dela, que me disse: 'A senhorita Love está bem', o que eu fiquei feliz de ouvir. Mas pensei: 'E a casa?'", disse Donna Lyon ao Post.