Courtney Love quer que Jeffrey Epstein ‘queime no inferno’; entenda

Epstein era um bilionário norte-americano acusado por tráfico sexual

Redação Publicado em 28/07/2020, às 18h16

None
Courtney Love (Foto:Amy Harris/Invision/AP)

Courtney Love, cantora e ex-companheira de Kurt Cobain, usou as redes sociais para enfatizar como espera que Jeffrey Epstein "queime no inferno". A fala veio depois da revelação que o nome da artista aparece na lista de possíveis envolvidos no escândalo do bilionário (via Far Out Magazine).

A cantora disse: "Ei. Sobre o meu nome no livro de endereços de Epstein, é assustador que eu esteja nessa coisa, isso eu concordo."

Ela continuou: "Eu não o conhecia, nunca o conheci, não sabia quem ele era. Aparentemente, ele coletou números de telefone de celebridades. Fim. Espero que ele queime no inferno".

Jeffrey Epstein. Epstein era um bilionário norte-americano acusado por tráfico sexual. Apesar de conhecermos a maior parte da queda de Epstein do topo, que culminou no suicídio na prisão, em 2019, em circunstâncias misteriosas, sabemos relativamente pouco sobre o homem. Uma minissérie da Netflix, Filfh Rich (Poder e Perversão, em português), busca trazer o funcionamento interno do financista desgraçado ao público, ao mesmo tempo, em que tenta dar voz às muitas vítimas.

A produção foi lançada em 27 de maio. Assista ao trailer:


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS