Criador de Breaking Bad fala sobre o spin-off Better Call Saul e sobre o futuro da TV

Vince Gilligan participou da feira CES 2014, nos Estados Unidos

Rolling Stone EUA Publicado em 09/01/2014, às 13h19 - Atualizado em 11/01/2014, às 16h05

Vince Gilligan
Julie Jacobson/AP

Vince Gilligan, o criador de Breaking Bad, falou com entusiasmo sobre como as novas tecnologias – de telas maiores a serviços de vídeos sob demanda – estão desafiando a televisão em um bate-papo na CES 2014 (Consumer Electronics Show) na terça-feira, 7. Ele participou da palestra do presidente da Sony e CEO Kazuo Hirai, segundo o site da revista The Hollywood Reporter.

Galeria: as lições do final de Breaking Bad.

"Na minha época, as séries de TV eram enquadradas e editadas de acordo com telas menores, era muito limitado", disse Gilligan, que também mencionou o novo head-mounted display da Sony (uma espécie de óculos com telas e fones de ouvidos que podem ser usados como TV ou para realidade virtual) – ainda em desenvolvimento. “Com TVs gigantes, você consegue filmar e emular John Ford e Sergio Leone, no caso de Breaking Bad, você pode colocar os personagens na imensidão do deserto mexicano, o que torna a imagem muito pictórica e cinematográfica. É um desenvolvimento maravilhoso.” A empolgação de Gillian se estendeu para a liberdade estética oferecida pelas minicâmeras digitais, que foram usadas em Breaking Bad.

Com a Sony planejando lançar seu próprio serviço de TV na nuvem no ano que vem, Gillian discutiu como esses serviços mudaram tanto os hábitos dos espectadores quanto a abordagem dos roteiristas de TV para contar histórias.

“Quando eu comecei em séries como Arquivo X, o senso comum era de que a narrativa fragmentada deveria ser evitada, que um episódio completa a história”, ele disse. “SVOD [sigla para subscription video on demand – serviços de assinatura de vídeo sob demanda] permite uma forma hiperfragmentada de narrativa que dá liberdade às pessoas de acessar o conteúdo quando quiserem.”

Como provou com a potente mistura de qualidade cinematográfica e narrativa intensa de Breaking Bad, Gilligan está à frente de seu tempo. Os próximos projetos dele: Battle Creek, uma série de detetive que ele escreveu para a CBS em 2002 que foi ressuscitada e agora está programada para ir ao ar no segundo semestre, e Better Call Saul, um spin-off de Breaking Bad centrada no hilário advogado criminal Saul Goodman, interpretado por Bob Odenkirk.

Gilligan disse que Saul será uma sequência de Breaking Bad, e haverá sobreposição de alguns personagens envolvidos na saga de Walter White – incluindo possíveis participações de Mike Ehrmantraut, interpretado por Jonathan Banks, e de Jesse Pinkman, vivido por Aaron Paul. “Será o mundo de Saul Goodman; não será de Walter White, e será diferente, apesar de haver sobreposição entre Breaking Bad e Better Call Saul”, revelou. “Mas vai obter sucesso à sua maneira, na sua própria série. Senão, não haverá satisfação, e satisfação é a palavra-chave. Nós queremos satisfazer.”